Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de junho de 2018.
12/01/2017
São Vicente e suas atrações
São Vicente e suas atrações
O turista que chega a São Vicente disposto a apreciar as praias, práticas esportivas, locais turísticos e prédios históricos tem um verdadeiro leque de opções. Neste roteiro, selecionamos algumas atrações para que você possa desfrutar da Cidade!




 
Plataforma de pesca e lazer
Ao lado da Ponte Pênsil fica localizada a Plataforma de Pesca e Lazer, um deck onde moradores e pescadores podem apreciar a vista da Baía de São Vicente, observada pelo lado da Biquinha. A plataforma tem 700 metros e liga o Marco Padrão à Ponte Pênsil.



Morro da Asa Delta
Descoberto pelos praticantes de vôo-livre, o Morro da Asa Delta - também chamado de Itararé ou Voturuá - tem seu ponto máximo a 180 metros de altura e proporciona uma das mais belas vistas da Baixada. Dalí é possível ter uma visão privilegiada de São Vicente, Santos, Guarujá, Praia Grande e Cubatão. O acesso é feito na Divisa com Santos, a partir da subida do Morro do José Menino. Lá funciona também o Teleférico, cuja base e venda de ingressos fica na Praia do Itararé.


Praia do Gonzaguinha
Com 800 metros de extensão, a Praia do Gonzaguinha fica entre o Marco Padrão e a Praia dos Milionários. Situada em uma espaçosa baía de águas calmas, a praia é muito procurada por praticantes de esportes náuticos, como iatismo, windsurf, esqui aquático e jet ski. Os frequentadores contam com quiosques instalados ao longo do calçadão, onde há também árvores e bancos, além de ciclovia. Na praia também existe um píer, onde no verão saem passeios diários de escuna pela baía de São Vicente, ilhas e imediações. No canto direito da praia, junto à Praça Tom Jobim, o local é palco do maior espetáculo teatral em areia de praia do mundo, no local onde o navegador Martim Afonso de Sousa desembarcou em 22 de janeiro de 1532: a Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, a primeira do Brasil.



Praia do Itararé
Com 2.400 metros de extensão, a Praia do Itararé está situada entre as ilhas Porchat e Urubuqueçaba. A maior e uma das mais agitadas da Cidade, o lugar se transforma no principal point de concentração dos jovens durante o verão, principalmente por suas ondas propícias à prática do surfe. Na orla existem 46 quiosques que comercializam petiscos e bebidas aos frequentadores, em meio a um complexo de lazer com calçadão, iluminação, playground e o primeiro jardim de praia com árvores de Mata Atlântica do Brasil. Na Praia do Itararé funciona o Teleférico, que leva turistas para o alto do Morro da Asa Delta, de onde saltam os praticantes de voo livre.



Praia do Itaquitanduva
Pertence ao Parque Estadual Xixová-Japuí, equivalendo a 300 metros dos 900 alqueires do parque. Ainda preservada pelo difícil acesso, o lugar recebe surfistas e aventureiros, que vão até ela por trilha no meio da mata.



Praia dos Milionários
Com 200 metros de extensão, a Praia dos Milionários está situada junto às pedras da Ilha Porchat e é a mais tranquila das praias vicentinas. Sua beleza é realçada pelos rochedos à sua esquerda, que propiciam além de agradável lugar para a prática da pesca, uma bela vista da baía de São Vicente e da Ponte Pênsil. Na praia também é possível alugar barcos para passeios. O nome “Milionários” é uma referência ao antigo hábito de proprietários de lanchas pararem no local para um mergulho.



Prainha Porta do Sol
Situada ao lado da Praia de Paranapuã, possui aproximadamente 100 metros de extensão, sendo a menor praia da Cidade. Ela pertence à Marinha e é fechada à visitação pública.



Praia de Paranapuã ou Praia das Vacas
Localizada na encosta do Morro do Japuí, em frente à Ilha Porchat, tem cerca de 600 metros de extensão. O acesso pode ser feito de carro, pela Av. Engenheiro Saturnino de Brito, que se encontra à esquerda da saída da Ponte Pênsil.



Encenação da Fundação da Vila de São Vicente
Considerado o maior espetáculo em areia de praia do mundo, a Encenação da Fundação da Vila de São Vicente foi criada em 1982. No início era feita em um pequeno cercado na Praia do Gonzaguinha, por voluntários da comunidade que se reuniam para comemorar o aniversário da Cidade. O grande salto ocorreu em 1998, quando foi criada uma grande arena onde os atores locais e famosos da TV contavam a história da chegada de Martim Afonso. A partir daí a Encenação ganhou repercussão nacional.



Morro dos Barbosas
A maior bandeira do Brasil hasteada em mastro, com 630 m² e 110 quilos, está localizada no Morro dos Barbosas, em São Vicente. Ao avistá-la, o turista respira o clima de nacionalismo que esta Cidade histórica possui. Diversos pontos turísticos e construções remetem a fatos da fundação da primeira vila do País e da história daqueles que desbravaram e colonizaram o litoral brasileiro.



Biquinha
Com história desde 1553, a Biquinha de Anchieta foi uma das principais fontes de água da população de São Vicente durante séculos. Seus belos azulejos azuis - trabalhados a mão são relíquias históricas. Lá, o padre jesuíta bebia água e catequizava índios.



Parque Cultural Vila de São Vicente
O local reproduz a arquitetura, usos e costumes da Primeira Cidade Brasileira, colonizada por portugueses. No parque, os visitantes podem conhecer o cotidiano colonial do século XVI, em diversos espaços culturais que homenageiam importantes personagens da história vicentina e brasileira na região. Atores reproduzem o estilo da época da fundação. O Parque Cultural funciona de terça a domingo, das 10 às 20h, na Praça João Pessoa, s/nº - Centro, em frente à Igreja Matriz.
      

Casa Martim Afonso
A Casa Martim Afonso era uma fortaleza toda de pedra, onde o fundador Martim Afonso morou por um ano (1532/1533) deixando-a para os capitães que o sucederam. Atualmente, há uma segunda construção no local, que preserva parte da original. Uma das atrações do lugar é a primeira parede erguida em alvenaria no Brasil. A Casa de Martim Afonso é considerada Marco Zero do Brasil e fica na Praça 22 de Janeiro, 469, Centro. O horário de atendimento é de terça a domingo, das 9 às 17h.


Memorial dos 500 Anos
Uma das mais belas vistas das praias de São Vicente pode ser apreciada do Memorial dos 500 Anos, que fica no alto da Ilha Porchat. A vista do local não é o único atrativo; a plataforma projetada pelo mundialmente conhecido arquiteto Oscar Niemeyer, tem design que chama atenção por sua beleza e linhas arrojadas.


Casa da Cultura Afro-Brasileira - Memorial ao Escravizado
O primeiro Museu do Escravo do litoral paulista foi reinaugurado em janeiro de 2015 com o novo conceito de Casa da Cultura Afro-Brasileira - Memorial ao Escravizado. O lugar abriga atividades relacionadas à promoção da igualdade racial junto a entidades artísticas, movimentos sociais e religiões de matrizes africanas. A Casa da Cultura mantém entre suas instalações o acervo permanente de seu idealizador, o artesão Geraldo Albertini (já falecido). Obras dele e de seus discípulos Irineu Beck e Ademir dos Santos recontam a história dos povos escravizados no Brasil, desde o início da colonização até a Lei Áurea. Criada em 13 de maio de 1976, a casa é localizada no Parque Ecológico Voturuá e remete à arquitetura dos lares mineiros do Brasil Colônia, com paredes forjadas à taipa e imagens em relevo da história do negro no País, todas pelas mãos de Albertini. As visitas têm ingresso a custo simbólico e podem ser feitas de terça a domingo, das 10 às 17h.



Parque Ecológico Voturuá
Ótima opção de passeio é o Parque Ecológico Voturuá, que também possui o título de Zoológico Municipal (Rua Dona Anita Costa, s/nº - Vila Voturuá). No local os visitantes podem conhecer várias espécies da fauna brasileira. São mais de 100 animais divididos em 20 espécies, como aves, répteis e mamíferos. Os visitantes poderão ver leões, uma onça e um hipopótamo de três toneladas. Saguis e macacos-prego também alegram os visitadores, bem como tucanos, papagaios e araras. Com 825m² de área verde da Mata Atlântica (uma das últimas reservas dentro da zona urbana da Cidade), o parque ainda abriga um Pesque-Pague. Os visitantes contam ainda com infraestrutura de lazer, com playground para as crianças e opção de trilhas. O Parque funciona de terça a domingo, das 9 às 17h.



Igreja Matriz
O primeiro prédio a abrigar a Igreja Matriz foi construído por Martim Afonso, em 1532, próximo à praia onde aconteceu a fundação oficial da Vila de São Vicente. A construção foi destruída por um maremoto, que varreu a cidade em 1542. A segunda sede foi erguida pelo povo em local mais distante do mar, mas foi destruída por piratas que atacaram São Vicente para saquear o comércio e as casas. Em 1757, a atual igreja foi reconstruída sobre as ruínas da anterior, onde permanece até hoje. Seu nome é uma homenagem a São Vicente Mártir, santo espanhol que deu nome à Cidade e hoje é seu padroeiro. Em 2006, durante a última restauração, foram descobertas lápides próximas ao altar e reconstituída a escadaria original da entrada. A Matriz fica na Praça João Pessoa, s/nº - Centro.



Marco Padrão
Inaugurado em 1933, o monumento é o marco de comemoração dos 400 anos da Fundação de São Vicente. Encontra-se dentro de uma ilhota no mar conhecida como Pedra do Mato. Foi oferecida pela colônia portuguesa de Santos e São Vicente. Localiza-se na Praia do Gonzaguinha, próximo à Biquinha de Anchieta.



Mercado Municipal
Construído em 1729, funcionou durante 186 anos como a Primeira Câmara Municipal. No prédio também funcionavam a Cadeia e o quartel da Polícia. Porém, desde 1870, São Vicente já necessitava de um posto central de abastecimento, pois todo o comércio era realizado por alguns armazéns, pequenas quitandas e vendedores ambulantes. Assim, em 1929, o local foi transformado em Mercado Municipal, onde funcionam boxes com oferta de vários produtos. O endereço é Praça João Pessoa, nº 58 – Centro.



Ponte Pênsil
Considerado o cartão-postal número um de São Vicente, a Ponte Pênsil, foi a primeira do gênero construída no Brasil. Tombada como patrimônio histórico, a ponte foi inaugurada em 21 de maio de 1914, revelando-se fundamental no desenvolvimento da região. A ponte ainda mantém material original usado na obra, como os cabos de aço vindos da Alemanha.


Praça 22 de Janeiro
A Praça 22 de Janeiro fica localizada em frente à Biquinha de Anchieta; conta com um parque de 8.170m² de áreas verdes, monumentos e equipamentos de lazer. O local tem playground, gruta com cascata, jardim gramado, sanitários e lanchonete.


Rua Japão
Inaugurada em agosto de 1998, a Praça Kotoku Iha se caracteriza como o marco da Rua Japão, que ficou conhecida como um núcleo de pescadores. A ideia de transformar o local em um recanto japonês partiu da união de São Vicente com a cidade de Naha, na Província de Okinawa, no Japão, que se tornou cidade-irmã. A área é famosa por seu portal e pedra da sorte.












































 


Atalhos da página


Prefeitura de Sâo Vicente

Quem curte

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Instagram

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Twitter



Prefeitura 

ACESSO RÁPIDO



Todos os Direitos reservados - Secretaria de Imprensa e Comunicação Social de São Vicente | Acesse Webmail
Rede Corporativa e-Solution Backsite