1,2 mil crianças participam de festa do Proerd >> Prefeitura Municipal de São Vicente
Voltar

Educação


10 de outubro de 2017

1,2 mil crianças participam de festa do Proerd

Alunos da EMEF Ercília Nogueira Cobra anteciparam nesta terça-feira (10) comemoração do Dia das Crianças com muito bolo, hot-dog e refrigerante

 

“O Dia das Crianças não é só ganhar presentes: é estar com quem a gente ama, seja amigos ou familiares.” A frase da estudante do 5º ano, Ana Luiza da Silva Pereira, de 11 anos, descreve com precisão o espírito da festa realizada nesta terça-feira (10), na EMEF Ercília Nogueira Cobra (Rua Vale do Pó, 400 – Vila Margarida).

 

Antecipando a comemoração do Dia das Crianças, 1.200 alunos da unidade participaram do dia especial. Em parceria com o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), a criançada de 1º a 5º ano festejou com cachorro-quente, bolo, refrigerante e muita diversão.

 

Entre as atividades, os alunos dançaram, competiram em uma gincana e praticaram ginástica rítmica. Já no período vespertino, as crianças puderam dançar e se exercitar ao mesmo tempo através de uma aula de zumba kids.

 

A ação teve início às 10h, estendendo-se pelo dia inteiro para que as turmas da parte da tarde também pudessem participar. “Esta é a primeira de muitas festas que pretendemos realizar”, afirmou o cabo PM Arantes, coordenador do Proerd de São Vicente. Ele também frisou ser muito importante proporcionar esse momento de alegria e diversão, além de aproximar a polícia da comunidade.

 

O evento tem apoio da Assessoria Especial de Políticas Públicas da Mulher e da Associação Comercial de São Vicente.

 

Proerd – O Programa Educacional de Resistência às Drogas é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education (DARE), surgido em 1983. No Brasil, foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil. Em São Vicente, está em vigor desde 1998, formando turmas a cada seis meses. O programa é desenvolvido nas escolas públicas e particulares, no 5º e 7º anos do Ensino Fundamental, na educação infantil (Proerd Kids) e para adultos, por policiais militares preparados. O objetivo é transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância evitar o uso de substâncias químicas ilegais.           

Leia Também