Parque Bitaru abrigará um grande complexo municipal >> Prefeitura Municipal de São Vicente
Voltar

Obras


6 de dezembro de 2017

Parque Bitaru abrigará um grande complexo municipal

Obras chegam ao Centro de Convenções e Teatro Municipal; Rodoviária é a primeira novidade

 

 

O Parque Bitaru estará de cara nova em 2018. A Prefeitura de São Vicente inicia ainda neste mês de dezembro uma importante ação de revitalização do bairro, incluindo obras em empreendimentos há anos abandonados, como o Teatro Municipal e o Centro de Convenções. A ideia é formar naquela área um grande complexo municipal, com a frente para a Avenida Capitão Luiz Pimenta.

 

A primeira dessas intervenções já está definida. A partir desta quarta-feira (6), a Administração Municipal inicia as obras da Rodoviária Municipal, atualmente funcionando de forma improvisada, no Mercado Municipal (Praça João Pessoa, s/nº).

 

A proposta da Prefeitura é criar um equipamento moderno, com atendimento adequado, baias para ônibus, banheiros, saguão, guichês, oferecendo conforto a moradores e turistas. Tudo isso às margens da Rodovia dos Imigrantes.

 

O empreendimento deve custar aproximadamente R$ 146 mil aos cofres municipais, segundo as projeções iniciais. A rodoviária será construída na área do Teatro Municipal. “Os ônibus poderão acessar a rodoviária a partir da rua lateral, entre o Teatro e o Centro de Convenções”, explica o prefeito Pedro Gouvêa.

 

 

O chefe do Executivo vicentino destaca ainda que a estrutura do Teatro não será demolida para a construção da Rodoviária. “Manteremos o prédio do teatro e buscaremos recursos para a conclusão das obras. Mas, enquanto isso, não ficaremos de braços cruzados. Vamos transformar o Parque Bitaru”, justifica o prefeito.

 

Ainda no prédio do Teatro, a Prefeitura construirá a nova sede da Guarda Civil Municipal (GCM) e do Canil Municipal. As obras devem começar em meados de dezembro, com um custo estimado de R$ 150 mil.

 

 

Centro de Convenções – Os trabalhos não ficarão restritos ao prédio do Teatro. Ao lado, no Centro de Convenções, a Prefeitura iniciará uma série de mudanças. O foyer e auditório para 1,2 mil pessoas serão mantidos. O espaço de exposições, porém, será dividido em dois.

 

A grande área coberta passará a abrigar a Secretaria da Educação (Seduc) e diversos serviços relacionados à pasta. A abertura dos envelopes da empresa que executará as obras será realizada ainda este ano.

 

A outra metade receberá o Centro de Inovação e Tecnologia, equipamento do Governo do Estado, que receberá um investimento de R$ 2 milhões. Por uma questão de coerência, o local também passará a abrigar Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedect). 

 

Onde antes funcionava a praça de alimentação e os banheiros do Centro de Convenções, será erguido um terminal de lotações, integrando o transporte municipal à Rodoviária.

 

Gouvêa justifica: “O Centro de Convenções está em uma área com mais de 30 mil metros quadrados, sendo oito mil de área construída. Vamos aproveitar muito bem esse espaço, dando vida àquela região”.

Leia Também