Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 21 de setembro de 2018.
13/09/2018
Notícias
Complexo do VLT recebe nome de ex-vereador vicentino
Legado de Geraldo Volpe, falecido em 2013, foi lembrado em cerimônia realizada na manhã desta quinta-feira (13) em São Vicente

O Complexo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) passa a se chamar Geraldo Volpe. A cerimônia de oficialização foi realizada na manhã desta quinta-feira (13), no Terminal Barreiros, em São Vicente. O legado do ex-vereador vicentino, que dá nome ao conjunto de estações do modal metropolitano, foi lembrado pelas autoridades presentes. Falecido em 2013, ele foi um grande incentivador do transporte público ferroviário na Região.

“Lembro do tempo em que Geraldo Volpe foi vereador. Ele andava nas ruas e fazia questão de falar com todos. Fazia questão de atender as pessoas em seu gabinete e até mesmo na sua casa. Ele sempre soube fazer aquilo que poucas pessoas fazem: olhar e ouvir o outro”, disse a professora Lúcia França, presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Paulo (FUSSESP), que representou o Governo do Estado na cerimônia.

            A homenagem a Geraldo Volpe é fruto de um decreto assinado pelo governador Márcio França. Ambos atuaram juntos no Legislativo, e, posteriormente, no Executivo. “Quando Márcio foi eleito vereador pela primeira vez, Geraldo era presidente da Câmara. Quando foi eleito prefeito o levou para seu gabinete. Geraldo sempre foi uma grande inspiração para nós. Um homem que gostava de estar e ajudar tanta gente, hoje dá nome ao maior complexo de transporte público da Baixada Santista. Ele, que foi tão acessível ao povo, hoje dá nome a um local para acessibilidade das pessoas”, destacou a professora Lúcia França.

O prefeito de São Vicente, Pedro Gouvêa, lembrou da luta, na década de 1990, de Geraldo Volpe para a conclusão da obra da Ponte dos Barreiros, que liga a Área Continental a Área Insular. “Homenagem justa a Geraldo Volpe. Lembro da Sessão da Câmara feita na Ponte dos Barreiros, quando São Vicente pedia para o Governo do Estado mais atenção para que seus moradores não precisassem mais se deslocar para Cubatão ou Praia Grande para chegar ao Centro da sua própria cidade”.

O presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), Teodoro Pupo, ressaltou a importância do VLT para a Baixada Santista e os projetos de expansão do modal. “Ele transporta diariamente 25 mil pessoas. Com a ampliação até o Valongo, na segunda fase, serão 30 mil pessoas atendidas. Na terceira fase, até o Samaritá, serão mais 15 mil pessoas. Tive o prazer de conhecer a história de Geraldo Volpe e saber que ele foi um grande incentivador do transporte ferroviário na Baixada, podendo ser chamado, inclusive, de precursor do VLT”.

História - Beto Volpe, filho de Geraldo Volpe, ao lado da mãe, lembrou o legado e a trajetória política do pai em São Vicente. “Meu pai teve uma história de ética. Pessoa íntegra, que não acumulou riqueza e deixou para nós uma casa no Centro de São Vicente, um carro popular e uma poupança que possibilitou manter seu padrão de vida quando adoeceu. Mas se tem uma pessoa responsável por ele ter chegado aonde chegou foi minha mãe. Estamos muito felizes. Agradeço ao governador Márcio França, à EMTU e à professora Lúcia França que intermediou essa homenagem”.

O ex-presidente da Câmara de São Vicente nasceu em 06 de outubro de 1927. Era casado com Aída Simões Volpe com quem teve dois filhos. Trabalhou como comerciário no ramo de materiais para construção e na Superintendência do Desenvolvimento do Litoral Paulista (Sudelpa).

Em 1972, Volpe ingressou na carreira política ao ser eleito vereador em São Vicente. Naquela época, os parlamentares não recebiam subsídio financeiro. Foi reeleito até 1992. Em 1997, foi convidado pelo então prefeito Márcio França para trabalhar em sua equipe de gabinete, função que ocupou até o término do mandato de Tércio Garcia, em 2012.

Durante seus mandatos, Geraldo Volpe ajudou a levar iluminação e água para vários bairros de São Vicente. Sua ligação com o VLT se deu pela luta pela implantação da primeira iniciativa de transporte ferroviário metropolitano, conhecido como ‘Geraldão’, trem que ligava o bairro Samaritá, na Área Continental, ao centro da Cidade, com a perspectiva de ampliação para o município vizinho de Santos. Ele faleceu em 25 de julho de 2013.
 


Atalhos da página

Prefeitura de Sâo Vicente

Quem curte

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Instagram

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Twitter



Prefeitura 

ACESSO RÁPIDO



Todos os Direitos reservados - Secretaria de Imprensa e Comunicação Social de São Vicente | Acesse Webmail | Troca de senha Webmail
Rede Corporativa e-Solution Backsite