Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 20 de junho de 2019.
06/02/2019
Notícias
Ação leva apoio a famílias dos conjuntos Penedo e Primavera

Mutirão atendeu moradores atingidos pelo temporal de segunda-feira (4)
                                      

Moradores em apartamentos dos conjuntos habitacionais Penedo e Reserva das Primaveras, no Jóquei Clube, estão recebendo o apoio da Ação Conjunta criada pela Prefeitura de São Vicente para atender às famílias atingidas pelas chuvas dos últimos dias. Na terça-feira (5), eles se reuniram e pediram ajuda ao prefeito Pedro Gouvêa, que prometeu uma ação imediata.
 
“Esse momento é de juntarmos nossas forças para fazer o que for possível pelas famílias que foram atingidas pela chuva. Como havíamos prometido na reunião com a comissão de moradores, agimos rapidamente para minimizar os impactos causados pelo temporal”, disse o prefeito.
 
“Inclusive, contamos com a participação do Fundo Social de Solidariedade, que lançou campanha para ajudar todos os vicentinos que estão enfrentando problemas neste momento”, completou o prefeito, referindo-se à campanha de arrecadação de alimentos, roupas, material de higiene pessoal e móveis para atingidos pela chuva.
 
A Ação fechou o primeiro dia entregando roupas e cestas básicas para 48 moradores em imóveis que ficam no térreo do Penedo. Quinta-feira (7), serão assistidos outros 52, do térreo do Primavera. Os prédios foram construídos pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).
 
MUTIRÃO - Desencadeada um dia após uma comissão de moradores solicitar apoio à Prefeitura, a mobilização começou nesta quarta-feira (6), logo pela manhã, com cada equipe assumindo uma atividade, dentro de suas áreas de atuação. Profissionais das secretarias de Assistência Social (Seas); Habitação (Sehab); Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup); e Saúde (Sesau) passaram o dia promovendo atividades sociais e de ajuda às 100 famílias que tiveram perdas materiais com o alagamento que afetou o pavimento térreo dos edifícios que formam os dois conjuntos habitacionais vicentinos. A Codesavi participou dos trabalhos, com o Cata-Treco.
 
Acompanhados pela secretária de Assistência Social, Professora Lurdinha, profissionais do setor visitaram todas as famílias que tiveram seus apartamentos alagados durante a chuva da madrugada de segunda-feira (4), quando o índice pluviométrico (volume de chuva) atingiu 156 mm, das 3 e às 6 horas da manhã. Os técnicos da Seas e da Sehab ouviram e cadastraram essas famílias.
 
“Essas famílias foram até a Prefeitura solicitar apoio. Por isso, viemos para cá imediatamente. Temos desencadeado várias ações pela Cidade, desde o início da chuva, procurando atender a todos aqueles que foram atingidos por alagamentos ou outros problemas causados pelo temporal. Estamos com uma Ação Conjunta, que conta com profissionais de várias secretarias. Com a união de todos, estamos conseguindo ajudar essas famílias”, destacou a professora Lurdinha.   
.
HABITAÇÃO - Ao lado do secretário da Habitação, o arquiteto Luiz Terra, equipes da Pasta fizeram vistoria nos prédios. “Entre a Seas e a Sehab, estamos com 14 equipes atuando nos conjuntos habitacionais. Pela Habitação, tivemos dois grupos focados na avaliação dos problemas nos prédios e que foram apontados pelos moradores. A equipe conta com engenheiros e arquitetos, que estão elaborando relatório sobre a situação dos imóveis. O resultado será encaminhado à CDHU”, disse o secretário, lembrando que serão solicitadas avaliações da Sabesp e da CPFL.
 
SAÚDE – Os moradores também foram atendidos por profissionais da Saúde. As avaliações foram voltadas especificamente aos problemas que surgiram em função dos alagamentos. Muitas pessoas, que tiveram contato direto com os alagamentos, procuraram orientação sobre como evitar doenças nesses casos. Uma equipe da Zoonose esteve no local e programou a desratização e a desinsetização. Os trabalhos serão realizados logo após o período chuvoso.
 
SEDUP – Profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas também estão atuando na Ação Conjunta dando apoio à manutenção do local. Ao lado do responsável pela Pasta, Léo Santos, eles aproveitaram o início da manhã para limpar o local e desobstruir as galerias de águas pluviais na parte interna dos condomínios. Já no início da tarde, deram início à limpeza dos canais da Avenida Penedo e Sá Catarina.
 
“Nos sentimos honrados com a atenção que nos foi dada pelo prefeito Pedro Gouvêa. Ele disse que nos ajudaria, mas não imaginamos que seria no dia seguinte ao nosso pedido. A presença da Prefeitura aqui vai ajudar a fortalecer nossa reivindicação junto à CDHU e à Caixa (Econômica Federal) por melhorias. A carga acaba recaindo nas costas da Prefeitura, mas sabemos que a responsabilidade é do Estado, por meio da CDHU, e da Caixa”, comentou Lucicleia dos Santos, moradora e síndica no Conjunto Habitacional Penedo.
 
IMÓVEIS – Os conjuntos foram finalizados pela Enplan, após mais de 10 anos com as obras paradas. A empresa foi contratada pela Caixa Econômica
Federal, que era representante do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). O Governo do Estado, por meio da CDHU, adquiriu o empreendimento junto à Caixa e ao FAR. Ao todo são 500 unidades habitacionais, sendo 260 no Reserva das Primaveras e 240 no Penedo. As unidades foram destinadas para famílias que viviam em áreas de risco de São Vicente e de Cubatão.


Atalhos da página

Prefeitura de Sâo Vicente

Quem curte

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Instagram

Prefeitura de Sâo Vicente

Siga no Twitter





Todos os Direitos reservados - Secretaria de Imprensa e Comunicação Social de São Vicente | Acesse Webmail | Trocar Senha
Rede Corporativa e-Solution Backsite