Prefeitura e EMTU já discutem terceira fase do VLT

Representantes de secretarias municipais e da empresa metropolitana participaram de reunião no Paço Municipal nesta sexta (18)

Compartilhe!

2 curtiram
Representantes de secretarias municipais e da empresa metropolitana participaram de reunião no Paço Municipal nesta sexta (18)

Uma primeira reunião envolvendo a Prefeitura de São Vicente a gerência regional da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP), do Governo do Estado, foi realizada na manhã desta sexta-feira (18), no Salão Nobre do Paço Municipal.

Além do prefeito Kayo Amado, participaram do encontro os secretários de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedup), Paulo Fiamenghi; de Projetos Especiais, Alexsandro Ferreira; de Trânsito e Transportes, Alexandre Martins ; do chefe de Fiscalização da EMTU, Fábio Coelho.

Foram discutidas as competências de zeladoria que cabem a cada ente ao longo do trajeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), bem como eventuais ajustes para melhorar o atendimento da população por parte dos ônibus metropolitanos.
“A faixa central do VLT cabe à concessionária BR Mobilidade. O que extrapola essa área é de competência do Município. A Prefeitura já vem cuidando e nosso objetivo é estreitar essa relação para agilizar os atendimentos e soluções de eventuais problemas”, explica Fábio Coelho, representante da EMTU.

Outro assunto da reunião foram as obras na Ponte dos Barreiros, que já estão em andamento. A estrutura também deve receber, futuramente, as obras da linha férrea paralela, onde deverá operar o VLT, alcançando a Área Continental. Intervenções estas que estarão a cargo do Governo do Estado.
“Tivemos uma reunião bastante produtiva. A Prefeitura está cuidando de toda a recuperação rodoviária da Ponte dos Barreiros, mas é preciso que haja essa integração que virá no futuro, para a recuperação da parte ferroviária. Nossas tratativas são neste sentido. Além disso, aproveitamos para discutir um convênio que visa definir as responsabilidades da BR Mobilidade e da Prefeitura quanto à zeladoria na faixa de domínio do VLT”, explica Paulo Fiamenghi, secretário da Sedup.

 “A reunião foi importante para começarmos a definir junto à EMTU o que será feito após a conclusão das obras da Ponte dos Barreiros, já que futuramente a ponte ferroviária ao lado será usada pelo VLT. Também aproveitamos para dar início à discussão sobre a integração dos modais, que é um grande desafio, mas pretendemos resolver nessa gestão”, conclui o prefeito Kayo Amado.

Por Peterson Gobetti