Agosto Dourado chega a São Vicente com programação especial

Compartilhe!

Curtir
Entre as ações, há treinamentos aos profissionais da área da saúde

Para comemorar a 21ª Semana de Incentivo ao Aleitamento Materno, que acontece entre os dias 1º e 7 de agosto, a Secretaria de Saúde (Sesau) promove diversas atividades. Serão promovidas capacitações para as redes de Saúde e Educação. O slogan deste ano é “Amamentar. Ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer juntos com você”.

Na Saúde, os treinamentos serão direcionados a enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Estratégias de Saúde da Famílias (ESFs) e  Maternidade, que vão desenvolver ações voltadas à prática.

As terapeutas ocupacionais e funcionárias artesãs da rede confeccionarão laços dourados para distribuir à população. Além disso, a Sesau montará estandes em supermercados para promover e elucidar dúvidas sobre amamentação. Caminhadas e mamaços também serão realizados na Cidade.

Em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc) e a Diretoria Regional de Ensino, a 21ª edição do concurso Amamenta São Vicente leva o tema às escolas. Participam do concurso as escolas públicas e particulares, creches, Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e o Ensino Médio.

O concurso conta com as categorias: desenho, pintura, frase, poesia, reportagem e paródia. Os três primeiros colocados do concurso são premiados na Câmara Municipal em novembro.

São Vicente participa também da “Rede Social de Amamentação da Costa da Mata Atlântica”, que realizará o XIV Fórum alusivo à Semana Mundial de Amamentação, em 25 de agosto, das 14 às 17h, na sede da Associação Paulista de Medicina de Santos (Avenida Ana Costa, 388).

De acordo com Lei Municipal nº 515-A, instituída em 1997, o objetivo é divulgar a importância do leite materno para o desenvolvimento do bebê e incentivar cada vez mais o ato no município. No âmbito federal, a Lei 435 de 12/04/2017 instituiu o mês de agosto como Agosto Dourado.

Amamentação – Entre os benefícios da amamentação materna para o bebê estão a prevenção à desnutrição, sobrepeso e obesidade; recuperação mais rápida de doenças; melhor resposta à vacinação; efeito positivo na inteligência; proteção contra diabetes, hipertensão e câncer, entre outros.

Para a saúde das mamães há redução do risco de hemorragia e anemia, ajudando o útero a recuperar o tamanho normal; menos chances de desenvolvimento de câncer de mama e ovário; e menor possibilidade de depressão pós-parto.

Mas os benefícios não se restringem à mãe e à criança. Todo o planeta ganha com o aleitamento materno, pois o ato da amamentação gera economia de água, energia elétrica e gás; reduz a dispensa de lixo (embalagens); evita a liberação de toxinas e gases poluentes na atmosfera consequentes da fabricação de bicos, mamadeiras e outros produtos industrializados; e resulta na economia de transportes poluentes.