Abraço ecológico reúne 500 crianças em prol da vida marinha na sexta-feira (7)

Iniciativa que encerra Circuito Ecológico envolve alunos de duas escolas do Parque Bitaru, com resgate às tradições caiçaras e preservação do meio ambiente

Compartilhe!

1 curtiu

Mais de 500 crianças das escolas municipais Jonas Rodrigues e Raquel de Castro, ambas nas imediações do Parque Bitaru, participam na sexta-feira (7) de um grande abraço ecológico na Praia do Guamium, na Rua Japão, tradicional local marcado pela presença de pescadores.


O ato simbólico acontece em dois momentos, às 9h e às 14h. A ideia do projeto é despertar questões voltadas à preservação do meio ambiente. “Na Década do Oceano, fortalecemos nossa causa com mais uma ação importante”, destacou o presidente da ong Ecomov, Rodrigo Azambuja. A entidade promove a ação com o Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria de Educação de São Vicente (NEA/Seduc), numa parceria que tem como base a formação de políticas públicas ambientais, monitoradas pelo MP Gaema/Baixada Santista.

O abraço se trata da culminância de um trabalho desenvolvido nas duas unidades escolares, onde foram realizadas palestras sobre os danos causados, em especial à fauna marinha, pelo material despejado nos mares. Os alunos também conheceram a história local, com tradições caiçaras como a pescaria artesanal existente na região. “A interação apresentou os impactos causados por resíduos que chegam ao mar, e ainda despertou nos alunos a questão do pertencimento e o que fazer para melhorar o local onde vivem”, destacou a coordenadora do NEA/Seduc, Vandilma Galindo.

A iniciativa é promovida desde 2016 e soma a participação de 6 mil alunos. Em 2020 e 2021, o Abraço não foi realizado devido à pandemia.

Década do Oceano - A iniciativa lançada em junho, durante a Semana do Meio de Ambiente, vem ao encontro da Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável. A Década do Oceano, como é mais conhecida, foi definida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para mostrar o importante papel da ciência para a sociedade numa abordagem voltada ao desenvolvimento sustentável.
 
A ação está relacionada ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 12, previsto na Agenda 2030, acordo internacional firmado pelos estados-membros da ONU. Entre as metas, estão implementar o Plano Decenal de Programas sobre Produção e Consumo Sustentáveis; alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais; reduzir pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial; reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso; e incentivar as empresas a adotar práticas sustentáveis e a integrar informações de sustentabilidade em seu ciclo de relatórios.

 
Por Renato Pirauá
 

Álbum de Fotos