Alunos da primeira escola a homenagear Pelé visitam museu do craque

Alunos da primeira escola a homenagear Pelé visitam museu do craque

Compartilhe!

1 curtiu
Enaltecer a história do maior jogador de todos os tempos e reafirmar os vínculos da Primeira Cidade do Brasil com a maior figura da história do País. Com estes propósitos, no dia 30 de janeiro de 2023, nasceu o Ambiente Municipal de Educação Integral (AMEI) Rei Pelé, a primeira escola a homenagear o atleta do século.
 
Naturalmente, os alunos ainda não possuem real dimensão da representatividade do Rei. Por isso, a direção da escola preparou, nesta semana, uma programação especial. De terça (28) a sexta-feira (31), a unidade promove um passeio especial ao Museu Rei Pelé, para mais de 600 estudantes matriculados.
 
Na visita, as crianças podem prestigiar momentos icônicos do maior atleta de todos os tempos, como sua estátua com a camisa da Seleção Brasileira, imagens da famosa comemoração do ‘soco no ar’, a histórica ‘Bola de Ouro retroativa’, registros dos três títulos mundiais conquistados e tantos outros. 
 
A ideia surgiu com o intuito de reforçar a grandeza de Pelé na mente das crianças. A vice-diretora Roberta de Lima ressalta que a escola carrega um legado por representar, em nome, a maior figura da história do Brasil. “Quando eles viram a estátua, associaram àquela pessoa que aparece na televisão, batiza o nome da escola e, agora, não está mais entre nós, porém é eterno. Somos conhecidos mundialmente graças a ele. É nosso dever replicar sua trajetória para que os alunos entendam que a AMEI Rei Pelé não é apenas um nome e, sim, uma marca importante. A primeira unidade educacional a homenagear o Atleta do Século”.
 
Curtindo o tour, o aluno do 1º ano B, Gabriel Lacerda, de 6 anos, sonha em ser jogador de futebol. O pequeno já tem no Rei uma de suas inspirações. “Meu pai fala que ele jogava muita bola. Estou gostando muito de estar conhecendo o lugar”.
 
“Estou amando passear com meus amigos aqui. Experiência muito legal”, comemorou Isabella de Oliveira, também do 1° ano. 
 
É assim, de grão em grão, que a AMEI Rei Pelé vai plantando frutos a serem colhidos nas próximas décadas. 
 
"Eternizar o Rei vai muito além de promover homenagens pontuais. É não deixar sua história morrer para as próximas gerações. Boa parte da população hoje não o viu jogar. Eu mesmo não vi, porém sei da importância que o maior de todos os tempos e principal embaixador do nosso país no Mundo possui. Meu dever, como santista e cidadão brasileiro, é seguir dando ênfase aos momentos inesquecíveis que esse homem nos proporcionou. Para que São Vicente jamais se esqueça quem foi Pelé e sua história siga sendo contada, nasceu a AMEI Rei Pelé, a primeira escola em tempo integral da história da Primeira do Brasil e primeira a ser batizada com o nome do eterno camisa 10", salientou o prefeito Kayo Amado. 
 
Estrutura - Situado no bairro Samaritá, o local conta com ilustrações em grafite nas paredes da quadra poliesportiva e imagens icônicas de Pelé na parte interna da escola, como o famoso ‘soco no ar’, que estampa o elevador da unidade. Todas as salas são climatizadas.
 
Além dos componentes curriculares, os alunos têm no contraturno atividades de música, tecnologia, projetos eletivos, esporte e inglês, buscando a formação do estudante na sua integralidade.
 
Por Guilherme Sibilio

Álbum de Fotos