Em reunião com governador, São Vicente avança para desassoreamento de rios e canais

Prefeitos da Baixada apresentaram propostas preventivas a desastres naturais; encontro também pautou futuro da Sabesp

Compartilhe!

Curtir
Buscando fortalecer os métodos preventivos, São Vicente segue avançando nas tratativas junto ao Estado para o desassoreamento de rios e canais. Na tarde desta terça-feira (7), o prefeito da Cidade, Kayo Amado, e demais chefes do Executivo da Baixada Santista se reuniram com o governador Tarcísio de Freitas e a secretária de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística de São Paulo, Natália Resende, apresentando as principais demandas de cada município para o plano preventivo contra desastres naturais.
 
A medida integra um projeto do Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista) em busca de soluções para amenizar o impacto das chuvas. 
 
Cada cidade apresentou suas principais demandas referentes ao desassoreamento de rios e canais. O documento foi enviado ao governador, que, no encontro com os prefeitos da região, reafirmou o apoio à Baixada.
 
A reunião promoveu avanços no diálogo para a elaboração de uma versão do programa 'Rios Vivos' direcionada às peculiaridades e complexidades da Baixada Santista, para atuar no desassoreamentos de rios e canais em toda a região. A pauta, neste momento, está tramitando na responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura, Logística e Meio Ambiente do Estado de São Paulo.
 
Também foi pautado o processo de privatização da Sabesp, que segue em tratativas e terá mais um importante momento no próximo dia 20 de maio, com uma reunião da Unidade Regional de Serviços de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário (URAE), que receberá prefeitos e representantes de todo o Estado.
 
"Foram três horas de reunião, na qual ressaltamos novamente a importante pauta do desassoreamento dos rios e canais da região. Tivemos nessa reunião a sinalização positiva da secretária Natália Resende em olhar de forma específica para a Baixada e, com o programa Rios Vivos Baixada, tirar os sedimentos dos canais e rios, avançando cada vez mais no trabalho de prevenção às enchentes", detalha o prefeito Kayo Amado.

Álbum de Fotos