Operação Baixada Mais Segura tem mais de 400 abordagens e quatro prisões em flagrante em apenas dois dias em São Vicente

Força-tarefa mobiliza cerca de 300 policiais civis e militares no combate ao crime na Cidade; medida do Governo de SP atende pedido do prefeito Kayo Amado

Compartilhe!

1 curtiu
O aumento do efetivo de policiais militares e civis em São Vicente resultou, nos dois primeiros dias, em 403 abordagens e quatro prisões em flagrante.
 
Desde quinta-feira (17), a Cidade conta com reforço de profissionais da segurança pública nas ruas, devido às recentes ocorrências criminais. A medida é do Governo do Estado, que lançou a Operação Baixada Santista Mais Segura, atendendo a um pedido do prefeito Kayo Amado por ações emergenciais a fim de garantir mais segurança aos moradores e turistas. O prefeito vicentino, inclusive, conseguiu o apoio dos demais prefeitos da região, protocolando um ofício via Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb).
 
Com isso, foram deslocados cerca de 300 policiais militares e civis que, entre quinta e sexta-feira (18), além de abordarem mais de 400 pessoas e realizarem quatro prisões em flagrante, apreenderam três armas e fiscalizaram 182 veículos. 
 
O comandante-geral da PM, coronel Ronaldo Miguel Vieira, explica que a operação visa mudar a percepção das pessoas sobre a segurança na Cidade. "Aumentamos o patrulhamento pelas praias e comunidades. Temos muitas pessoas inocentes nas ruas, porém, infelizmente, alguns indivíduos se aproveitam disso para atormentá-las. Estamos intensificando as rondas para evitar que os crimes aconteçam".
 
As forças de segurança estão percorrendo diversos bairros e a orla, tendo apoio dos segmentos: Batalhões de Choque, Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Comando de Operações Especiais (COE), Cavalaria, 2° e 4° Batalhão de Ações Especiais (Baep), Centro de Aviação da Polícia Militar, 6° Batalhão de Polícia Militar do Interior (Santos), Forças Táticas e equipes do Policiamento Ostensivo Preventivo.
 
A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Vicente, através da Secretaria de Defesa e Organização Social (Sedos) também está atuando em toda a Cidade, intensificando os patrulhamentos.