Praias de São Vicente terão restrições de horários a partir de segunda-feira (12) para estudo de erosão

Acesso na faixa de areia estará restrito durante duas horas para execução dos serviços; voo livre também está suspenso nesse período.

Compartilhe!

5 curtiram
Dando continuidade ao estudo sobre erosão costeira, iniciado em 24 de maio de 2022, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Defesa e Organização Social (Sedos), esclarece que a partir de segunda-feira (12) o acesso de banhistas e adeptos de esportes nas praias do Município estará restrito até quinta-feira (15), em períodos manhã e/ou tarde (cronograma abaixo), para a realização de monitoramento via drone da faixa costeira e coleta de materiais. 

Pela primeira vez na história, as praias de São Vicente recebem um estudo de erosão costeira, que visa mostrar os impactos dos processos oceanográficos na costa, como as ações das ondas, correntes e marés, principalmente devido às ressacas. 

Com os dados coletados nestes estudos, será possível localizar a presença de processos erosivos, o que permitirá à Cidade elaborar um plano de contingência para ressacas, bem como verificar a necessidade de obras estruturais em pontos mais críticos.

A Administração Municipal conta com a colaboração de todos e agradece a compreensão.
 
Os locais que receberão o estudo em mais essa etapa são os seguintes:
 
Segunda-feira (12/12)

Rua Japão - Tarde (13h)
 
Terça-feira (13/12)

Parque Prainha (período da manhã) e Praia Paranapuã (período da tarde)
 
Quarta-feira (14/12)

Gonzaguinha e Biquinha (período da manhã)

Praia dos Milionários (período da tarde)
 
Quinta-feira (15/12)

Praia Itararé (período da manhã)

Atividades complementares de sobrevoo de drone (período da tarde)
 
Voo Livre: Os voos de parapente estão suspensos nos períodos em que o drone estiver em operação na praia do Itararé, ou seja, quinta-feira (15), das 7h às 13h.
 
Essas medidas são necessárias para que as leituras sejam as mais precisas possíveis, além de evitar eventual queda do equipamento e risco aos frequentadores.