Proerd forma 700 crianças de escolas da área insular de São Vicente

Programa busca manter estudantes longe das drogas e violência a partir de orientações

Compartilhe!

1 curtiu
O Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) realizou nesta sexta-feira (26), a formatura de 700 crianças de sete escolas da área insular de São  Vicente. O Programa foi desenvolvido em 1993 no Estado de São Paulo e busca prevenir o uso de drogas, pregando o combate a violência e o estreitamento da relação polícia-cidadão. Todas as aulas foram ministradas por policiais militares capacitados para a finalidade.
 
A sessão solene aconteceu no Clube de Regatas Tumiaru (Praça Coronel Lopes, n°167) e contou com a presença do prefeito Kayo Amado, da secretária de Educação Nívea Marsíli e do comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Rubens Goes.
 
"O PROERD tem uma função importantíssima dentro das nossas escolas com as crianças. Sabemos que é muito difícil levar essa mensagem nos dias atuais, mas quando ela vem propagando a paz, sem dúvida nenhuma, conseguimos fazer a sociedade se transformar”, esclareceu o prefeito.
 
Entre as escolas participantes, cinco são da rede municipal da Cidade. A cerimônia também contou com apresentações de dança e música dos alunos do projeto Semi Profissionalizante Especial 1.
 
“O projeto é a extensão da educação da criança. Trabalhamos para deixá-los longe das drogas e da violência, com orientações lúdicas e dinâmicas, buscando, assim, criar bons cidadãos”, ressaltou o Cabo PM Arantes, um dos policiais que ministrou as aulas da ação.
 
Também foi realizada a entrega de medalhas aos sete alunos ganhadores do concurso de redação que ocorreu durante o projeto.
 
“Nossos estudantes dos 5º anos recebem conscientização com o apoio da PM, por meio de policiais voluntários. Drogas e juventude são assuntos que devem ser discutidos dentro das escolas com a participação de todos”, completou a secretária de educação, Nívea Marsili.
 
Por Mariani Lourenço

Álbum de Fotos