Secretaria de Educação lança o programa PROALFA

Ação tem por objetivo diminuir o número de estudantes não alfabetizados na Rede

Compartilhe!

4 curtiram
A Secretaria de Educação (Seduc), por meio do Departamento Pedagógico, inicia nesta terça-feira (23), às 19h30, a aula inaugural do programa de alfabetização escolar PROALFA, com o objetivo de diminuir as taxas de analfabetismo na Rede Municipal de Educação. A proposta atenderá alunos do 3° ao 9° ano que apresentam defasagens em competências essenciais dos componentes de Língua Portuguesa e Matemática.
 
O programa atenderá os estudantes no contraturno escolar e, aos sábados, em 22 escolas do município e conta com 55 professores que, quinzenalmente, receberão formações e orientações junto a membros técnicos da Seduc e profissionais qualificados para o desenvolvimento das atividades em ambiente escolar. A carga horária total de atendimentos aos estudantes será de 15h semanais que se manterão até a plena capacitação do aluno na construção de textos coerentes e coesos, na resolução de problemas que envolvam o raciocínio lógico e o domínio das quatro operações matemáticas.
 
De acordo com a coordenadora do programa, Kátia Valente, a adoção do programa trará um maior apoio aos não alfabetizados com a garantia do desenvolvimento do aluno por meio de metodologias de ensino diversificadas.
“O Proalfa traz um olhar equitativo e inclusivo na garantia dos direitos dos nossos educandos. Com ele, os  alunos terão a oportunidade  de construir conhecimentos por meio de metodologias de ensino diversas e personalizadas, garantidas na formação continuada proporcionada pela Secretaria de Educação”.
 
Para o primeiro encontro, os docentes inscritos no Programa contarão com um momento formativo com os convidados Júlia Menezes e Sidney Santos.
 
Júlia Menezes - Formada em pedagogia pela universidade UNIMONTE, Júlia é pós-graduada em alfabetização e letramento e MBA em gestão escolar, atuando como formadora de professores há 10 anos.
Sidney Santos - Doutor em ensino de ciências e matemática pela Universidade Cruzeiro do Sul e mestre em educação matemática, Sidney atua na formação de professores de matemática.
 
Por Renan Pablo
Arte - Seicom

Álbum de Fotos