Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 18 de abril de 2024.
14/04/2021
NOTÍCIAS
Zeladoria desobstrui canal da Linha Amarela
Local não recebia limpeza há pelo menos cinco anos
 
A equipe de zeladoria e manutenção da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup) concluíram nesta semana um serviço fundamental para minimizar o problema das enchentes: a limpeza completa do canal da Linha Amarela, na Avenida Martins Fontes, próximo ao VLT Mascarenhas, no bairro Beira Mar.

Além de muito lixo e entulho que são despejados no canal, os profissionais retiraram grande quantidade de mato que se acumulou durante anos. A ação que tem o objetivo principal de melhorar o fluxo da água da chuva, que é levada até canal pela rede de galerias pluviais, também impacta diretamente na saúde e bem estar da população, impedindo a proliferação de mosquitos.
(Veja o antes e o depois na foto)
 
A aposentada, Maria Geralda Ferreira, de 76 anos, mora em frente ao canal há bastante tempo e conta que há mais de cinco anos não era realizado nenhum tipo de limpeza no local. “Sempre que chovia a rua enchia de uma forma que nunca havíamos visto antes. Foi uma atitude importante da Prefeitura, para melhorar o espaço e diminuir o impacto das chuvas. Espero que a população também colabore e não jogue lixo”, disse a moradora.
 
E, de fato, a dona Maria Geralda tem toda a razão. Para que a Cidade fique sempre bonita, segura e conservada, não basta somente a Prefeitura fazer o papel dela, pois o papel da população é fundamental neste processo. E a Administração Municipal conta com a colaboração de todos.
 
Zeladoria - A Cidade vem passando por um amplo trabalho de zeladoria desde o início do ano. Até o momento, diversos bairros já receberam as equipes da Sedup, com serviços de reparos, desobstrução de canais, limpeza de galerias, roçagem, limpeza de vias e de equipamentos públicos, tapa-buracos e pintura.
 
Descarte irregular - O descarte irregular de lixo, além de prejudicar o escoamento da água e provocar enchentes, pode gerar acúmulo de água nos recipientes, favorecendo a proliferação do mosquito Aedes aegypti. A Sedup oferece, gratuitamente, o serviço de Cata-treco, que deve ser agendado pelos telefones: região insular (13) 3461-2756 ou 3464-1018 / Área Continental (13) 3566-6546, sempre de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Os munícipes devem ficar atentos aos materiais e quantias permitidas para agendamento de retirada, e que o descarte irregular é uma prática considerada crime, conforme Lei Complementar 618/10.
 
O que pode e o que não pode – Pode ser agendada a retirada, gratuita, de até cinco sacos de entulho ou um metro cúbico de material conhecido como resíduo da construção civil (RCC), móveis e eletrodomésticos velhos. No caso de quantidades maiores, o munícipe deve contratar serviço particular de caçamba. De acordo com a demanda do momento, a retirada pode ocorrer em até cinco dias úteis.

Por Rafael Henrique

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite