Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 22 de fevereiro de 2024.
20/05/2021
NOTÍCIAS
Fragata ferida com linha de cerol é resgatada pela GCM
Equipe da GCM resgatou pássaro ferido nesta quarta-feira (19)

Mais uma missão cumprida com sucesso pelo Pelotão Ambiental da Guarda Civil Municipal de São Vicente, nesta quarta-feira (19).  A equipe foi solicitada para resgatar uma ave na Rua Beira Rio, no bairro Jóquei Clube. Ao chegarem ao local, os oficiais constataram que se tratava de uma fragata ou tesourão (Fregata magnificens) macho.
A ave estava com um corte na asa direita.  Segundo informações da munícipe que acionou o Pelotão, a ave estava há cinco dias na beira do rio. 

A fragata foi encaminhada para o Instituto GREMAR, no Guarujá. Após avaliação clínica, os profissionais concluíram que o corte no animal foi causado, provavelmente, por uma linha com cerol. Por sorte, o ferimento não alcançou os tendões e nem causou fratura na asa, e a ave passa por reabilitação.

Fragatas: são aves de grande porte, com asas compridas e estreitas que representam a menor superfície de asa por unidade de peso do mundo das aves. Elas medem cerca de 1 metro de comprimento, mais de dois metros de envergadura e possuem uma cauda longa e bifurcada. A plumagem é geralmente preta ou preta e branca, e os machos apresentam um saco gular vermelho.

As fragatas não conseguem andar em terra, nadar, nem levantar vôo de uma superfície plana. Por isso, são aves pelágicas, ou seja, que só pousam em penhascos durante a época de reprodução. São aves extremamente rápidas.

Em caso de resgate ou denúncia, as pessoas devem ligar para GCM, nos telefones 153 ou (13) 3467-7434.

Por Peterson Gobetti

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite