Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 15 de junho de 2024.
27/05/2021
NOTÍCIAS
Pelotão Ambiental de São Vicente realiza autuação de pesca ilegal
Denúncia foi feita por moradores; arraia-manteiga foi encontrada sem vida pelos Guardas

A equipe do Pelotão Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) de São Vicente atendeu, nesta quarta-feira (26), uma denúncia de moradores do bairro Gonzaguinha sobre a realização de pesca ilegal de uma arraia-manteiga (Gymnura altavela) no Deck de Pesca, na Avenida Getúlio Vargas. 

Depois de constatada a veracidade da denúncia, o pescador foi autuado, baseado na Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98 art.34. Foi solicitado o apoio da Companhia Marítima da Policia Militar Ambiental, para efetuar a parte administrativa.

A lei – A lei sobre crimes ambientais proíbe a pesca de animais que devam ser preservados, como é o caso da arraia-manteiga. É prevista a detenção de um a três anos ou multa, ou ainda, ambas as penalidades.  

Arraia-manteiga – A espécie costuma viver em áreas costeiras, entre 20 e 100 metros. Por vezes são observadas na superfície. Alimentam-se de peixes, crustáceos e moluscos. 

Visualmente, pode-se dizer que essa arraia é pequena (geralmente tem entre 50 centímetros e um metro), possuindo dois ferrões na cauda. Como normalmente fica enterrada na areia à espera de sua presa, o perigo para o homem é pisar sobre ela e sofrer uma ferroada. 
Sua envergadura é mais larga do que longa e a cauda é bem curta. A coloração vai do marrom ao cinza, com o ventre um pouco mais pálido (às vezes em tons amarelado ou rosa). É conhecida também como raia-borboleta e raia-gererera. 

Em caso de resgate ou denúncia, as pessoas devem ligar para a GCM, nos telefones 153 ou (13) 3467-7434. 

Por Nicolas Pedrosa

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite