Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 14 de junho de 2024.
18/06/2021
NOTÍCIAS
Formandos dos cursos do Fundo Social recebem certificado
54 vicentinos participaram dos cursos de corte e costura, maxi crochê, boneca de feltro e pães artesanais
 
Emoção e esperança tomaram conta do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente (FSS-SV), nesta quinta-feira (17), palco da formatura e entrega de certificados aos alunos dos cursos de corte e costura, maxi crochê, boneca de feltro e pães artesanais. 
 
As gêmeas Giovanna e Luana Ferreira Alcântara, de 16 anos, cresceram em uma casa de costureiras e procuraram o curso para estudar novos conceitos. “Eu sempre gostei de costurar, então resolvi procurar o curso de corte e costura para aprender a fazer peças para vender e ter a minha renda”, explica Giovanna. 
 
Já Luana escolheu o curso para costurar para ela mesma. “Como eu sou pequena, tenho dificuldade em encontrar roupas do meu tamanho, e que eu goste, por um preço acessível. A princípio eu me interessei pelo curso por isso, mas conforme eu for me aprimorando penso em virar costureira profissional”, afirma.
 
A avó das meninas, Selma Maria Ferreira Lima, resolveu se inscrever para passar mais tempo com as netas. “Estamos um pouco afastadas por conta da pandemia e esse curso nos aproximou. Eu já conhecia o básico porque minhas tias eram costureiras, mas pude aprender outros conceitos. Nossa professora foi muito empenhada em nos ajudar”, comenta. 
 
Maria Eunice Alves da Silva, de 64 anos, escolheu o curso de boneca de feltro para expor no comércio do filho. “Ele vai abrir uma loja de variedades aqui em São Vicente e eu quero ajudá-lo. Também é muito bom para ocupar a mente”. 
 
A cerimônia contou com a participação do prefeito Kayo Amado, da vice-prefeita Sandra Conti, da presidente do Fundo Social, Thaynã Carneiro, do secretário de Desenvolvimento do Comércio, Indústria e Negócios Portuários (Secinp), Rogério Tadashi, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Relações do Trabalho (Sedect), Marcelo Gurgel, e da secretária de Imprensa e Comunicação (Seicom), Mara Prado
“Nosso intuito é continuar formando e capacitando pessoas para geração de renda. Eles já saem daqui sabendo como fazer para serem autônomos, micro empreendedores”, destaca Thaynã.
 
Por Isabella Paschoal

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite