Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 20 de maio de 2024.
22/06/2021
NOTÍCIAS
Segundo dia do Leia São Vicente trata do empoderamento feminino
Realizada nesta terça (22), live com Damiana Albuquerque abordou a história de uma menina que quebra tabus e desconstrói estereótipos.  Apresentações seguem até sexta-feira (25)
 
A quebra de tabus, com a desconstrução de estereótipos, foi o tema abordado pela pedagoga Damiana Albuquerque, no segundo dia de lives que integram o Movimento Leia São Vicente. A transmissão foi nesta terça-feira (22), com mediação de Bianca Tirloni
 
De forma interativa e com muitas ilustrações, a pedagoga contou a história do livro “Nem toda menina gosta de cor-de-rosa”, com a personagem Beatriz, uma garota que sofre por não se enquadrar nos estereótipos de gênero, mas que conta com o apoio familiar para superar de forma resiliente os obstáculos impostos desde cedo pela sociedade. Assim, enquanto se cobra uma postura de brincar com bonecas e usar vestidos rosa (“cor de menina”), a garota decide escolher o próprio caminho, escrever a sua história e viver os seus sonhos.
 
“Essa história traz o conceito da Cultura de Paz, tratando da importância de aceitar as pessoas como elas são”, salientou Damiana.
 
Lançada em dezembro, a publicação tem o DNA vicentino, uma vez que, além de Damiana (professora da rede municipal de ensino), tem ilustrações da técnica em edificações e graduanda em Design Gráfico, Edlayne Martins, uma jovem artista nascida na Cidade e moradora da Área Continental. Formada em Justiça Restaurativa e especialista em Cultura de Paz, a educadora também é a autora do livro “Cacau e Gigi - a Linguagem do Coração”, sobre a comunicação não violenta, voltado a crianças e adolescentes.
 
 
Video – Abrindo a transmissão de terça-feira (22), um vídeo com depoimentos de professoras e alunos apresentou o sentimento de cada um sobre como a leitura pode ser acolhedora. Antes de iniciar a contação, Damiana falou da importância de investir no tema. “Nesse momento de isolamento como o vivido hoje, nunca foi tão pertinente falar de ‘ler’ para ‘’acolher’. Porque a leitura promove a abertura entre as pessoas, envolvendo-as não só intelectualmente, mas também emocionalmente para a construção de cidadãos melhores”, apontou a autora, cujo objetivo é inspirar meninas e mulheres na busca da desconstrução do machismo e na promoção da igualdade de gênero.
 
 
Lives - Promovido pela Secretaria de Educação (Seduc), o Movimento Leia São Vicente realiza, neste primeiro momento do ano, uma série de cinco lives, iniciada na segunda-feira (21) e que segue até sexta (25). Na edição de 2021, o tema “Ler para acolher” busca estimular o hábito da leitura e a prática da escrita, ultrapassando os muros das escolas e alcançando os lares vicentinos.
As contações de histórias podem ser acompanhadas pelo Youtube, com transmissões a partir das 18h30. A cada dia, uma especialista aborda uma história diferente. As outras contadoras são Vânia Andrade (dia 23), Cristiane Oliveira (dia 24) e Regina Travassos (dia 25). Para quem perder alguma delas, pode acessar depois o conteúdo completo (ver links na programação abaixo).
 
Em meio aos cuidados necessários devido à pandemia, o Leia São Vicente incentiva a participação dos alunos, pais, irmãos e demais familiares a assistirem, juntos, às apresentações via internet.
 
Na sexta-feira (25), no “Dia D” do Movimento, as escolas estarão mobilizadas para trabalhar ações com os alunos, que serão divulgadas nas redes sociais das unidades usando #MovimentoLeiaSV21.
 
O segundo momento do Leia São Vicente deste ano está programado para o mês de novembro.
 
 
Confira a programação:
 
Quarta-feira – 23/06 - 18h30 – “Botão da Alegria”
LINK DE ACESSO: https://www.youtube.com/watch?v=Q7TOBB2GXwU
Contadora – Vânia Andrade - Professora de Ensino dos Anos Iniciais do Fundamental I de São Vicente/SP desde 2013 e escritora de literatura infantojuvenil. Possui dois livros publicados com certificado International Standard Book Number (ISBN): “Árvore do sucesso” e “O Botão da Alegria”, Em breve, lança O Cofre Lelecão. Pós-Graduada em Arte na Educação e Educação Especial, licenciada em Artes Visuais e Pedagogia. Possui título de Professora de Educação Infantil das Séries Iniciais do Ensino Fundamental (Magistério) pela Secretaria Municipal de Educação de Heliópolis-BA. É uma apaixonada por projetos de incentivo à leitura, ama ler e contar histórias. Ganhadora do 1º Festival de Contação de História (Plataforma Jair Moreira).
Mediação – Patrícia Chocobar
 
Quinta-feira – 24/06 - 18h30 – “Douglas quer um abraço”
LINK DE ACESSO: https://www.youtube.com/watch?v=mAydz8lDA5I
Contadora – Cristiane Oliveira - Graduada em Pedagogia e Pós-Graduada em Psicopedagogia Institucional, A arte de contar história e Alfabetização por meio da contação de história. Participou do projeto Mais Educação em escolas por cinco anos e trabalha com o projeto Resgatar Valores, incentivando a leitura nas escolas e comunidades. É dona do canal do Youtube “Histórias com Tia Cris”. Autora do livro A Borboleta Nina e o Laço Azul, lançado esse ano. Para ela, “investir na infância é fundamental porque criança não será criança para sempre”.
Mediação – Simone ike
 
Sexta-feira – 25/06 - 18h30 – “O Mundo das Letrinhas” e ”Sonhando com as Letrinhas”
LINK DE ACESSO: https://www.youtube.com/watch?v=bTA2zGXR8AQ
Contadora – Regina Travassos - Professora aposentada de Educação Artística da Rede Estadual de São Paulo e Coordenadora do Projeto Cultura de Paz do Município de São Vicente. Ministra aulas de Pós-Graduação na Educacional Baixada Santista. Possui formação acadêmica em Música no instrumento Piano, Educação Artística, Pedagogia e Pós-Graduação em Psicopedagogia. Participou de diversos cursos e eventos como a XVIII Feira Internacional do Livro em Paris-França e do Congresso Nacional de Educação Infantil em Brasília. Foi Diretora de Educação Infantil em um período histórico em São Vicente, quando coordenou a implantação de setenta e três unidades de creche na cidade. Foi apresentadora, por dois anos, do programa de televisão Folha Educativa na TV. Escreveu os livros "Jardim de Flores da Infância" em 2009, "Contos de Malecon" em 2013, "Peripécias de uma Caloura em Campanha" em 2017 e "0 Mundo das Letrinhas" em 2018. Vivenciando tempos diferentes em 2020, viu a possibilidade de se dedicar ao que mais acredita: a educação de nossas maravilhosas crianças.
Mediação – Michelle
 
 
Já realizadas
 
Segunda-feira – 21/06 - 18h30 – “Poemas para Acolher”
LINK DE ACESSO: https://www.youtube.com/watch?v=2V1WNta6Ckc
Contadoras:
- Camila Chiara - Graduada em Pedagogia pela Unisantos. Pós-graduada em Ética, Valores e Cidadania na Escola pela USP/UNIVESP e em Alfabetização pela Unisantos. Pós-graduanda em Alfabetização: relações entre Ensino e Aprendizagem e Literatura para Crianças e Jovens, pelo Instituto Vera Cruz. Professora da Educação Básica há 21 anos e Integrante da equipe de formadores da Seção de Formação da Secretaria de Educação de Santos há 8 anos
- Raquel Vieira - Professora Polivalente desde 2002, atuando em redes públicas de educação da Baixada Santista como São Vicente e Praia Grande. Formada em Pedagogia (UNESP), pós-graduada em “Alfabetização e Letramento” (UNIMONTE), “Ética, Valores e Cidadania na Escola” (USP/Univesp). Pós-graduanda em “Alfabetização: relações entre ensino e aprendizagem” e “Literatura para crianças e jovens” (ISE Vera Cruz). Atua na prefeitura de Santos como PEB I desde 2007, integrando a SEFORM - Seção de Formação Continuada em ações voltadas para Práticas de Linguagem, Alfabetização e Literatura.
Mediação – Flaviana Assis
 
Terça-feira – 22/06 - 18h30 – “Nem toda menina gosta de cor-de-rosa”
LINK DE ACESSO: https://www.youtube.com/watch?v=m-vCFnv4ow8
Contadora – Damiana Albuquerque - Formada em Justiça Restaurativa, graduada em Pedagogia e Pós-Graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional, em Direito Educacional, em Jogos Cooperativos e Cultura de Paz. Foi proprietária das Escolas de Educação Infantil Crescer e Ser e TIC TAC tempo de aprender. Trabalha na Prefeitura de São Vicente como Assistente de Direção e professora de Educação Básica 1, foi Secretária Municipal de Educação e em sua gestão criou o primeiro núcleo de Cultura de Paz da cidade de São Vicente da qual fez parte até 2020. É facilitadora de Círculos Restaurativos e de Cultura de Paz.
Mediação – Bianca Tirloni


Por Renato Pirauá

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite