Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 14 de junho de 2024.
13/08/2021
NOTÍCIAS
Casal supera Covid e recebe apoio da Saúde para vencer sequelas
Marcelo Carolino passou por tratamento durante três meses no Centro Médico Martim Afonso (CMMA); a esposa Fabiana trata no Ambulatório Irmã Dolores
 
Marcelo Carolino, de 57 anos, passou sete dias internado na enfermaria devido à Covid-19. O motorista teve uma série de ataques epiléticos e desmaios, além de alteração da pressão arterial, o que levou à internação.
 
“Certo dia, ele disse que não estava se sentindo bem e foi tomar banho. De repente, escutei um barulho vindo do banheiro e quando fui verificar, ele estava desmaiado. Liguei para o Samu, que o levou para o hospital”, lembrou Fabiana Carolino, esposa de Marcelo. 
 
Fabiana e o filho, Enzo, também tiveram a doença, mas com sintomas leves. Foram dias difíceis, de medo e incertezas.  Felizmente, Marcelo conseguiu se recuperar e recebeu alta, porém, ficou com algumas seqüelas da Covid. “A minha pressão ficou desregulada, ora alta, ora baixa. Também sentia cansaço”, contou Marcelo.
 
O motorista, então, foi orientado a procurar o Centro Médico Martim Afonso (CMMA) para fazer uma bateria de exames pós-Covid. Foram três meses de tratamento, passando por cardiologista, pneumologista, vascular, nutricionista, fisioterapia pulmonar, urologista, psicólogo e neurologista. “O atendimento foi maravilhoso, deram total assistência. Melhor que plano de saúde. Também recebi toda a medicação necessária”, explicou Marcelo. 
 
Por conta dos momentos de aflição com a internação do marido, Fabiana desenvolveu crises de pânico e ansiedade, ou seja, sequelas emocionais. Após consulta no hospital, a professora de Educação Física foi encaminhada para o ambulatório Irmã Dolores, para passar por atendimento psiquiátrico. “Eu fui muito bem atendida por toda a equipe. Sigo fazendo acompanhamento e retiro os medicamentos na Unidade Básica de Saúde (UBS)”, comentou Fabiana. 
 
O Centro Médico Martim Afonso (CMMA) fica na Rua Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, 425, na Vila Margarida. O atendimento é realizado por meio de encaminhamento médico, após a alta hospitalar, com agendamento prévio. Já o ambulatório Irmã Dolores fica na Avenida Antônio Emmerich, 94
 
O Serviço
 
O projeto Linha de Cuidado Pós-Covid, que oferece atendimento especializado para pacientes que tiveram alta hospitalar, mas ainda se recuperam da Covid-19, já atendeu mais de 130 munícipes no Centro Médico Martim Afonso (CMMA).
 
Os atendimentos são realizados a partir das necessidades de cada paciente, considerando o quadro clínico e os aspectos físicos e mentais da pessoa no momento da alta. 
 
Se o paciente apresentar determinado quadro clínico durante a internação, que necessite de acompanhamento com especialistas, o acolhimento é realizado no CMMA que, após avaliação, direciona o paciente para atendimento multidisciplinar com fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista. Caso necessite de outras especialidades, como cardiologista, vascular ou pneumologista, o CMMA viabiliza o agendamento.
 
Por Isabella Paschoal

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite