Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de abril de 2024.
24/08/2021
NOTÍCIAS
Obras de arte do artista vicentino Laércio Alves estão expostas no Paço Municipal
Exposição ‘Formas, texturas e expressões’ homenageia personagens históricos como Martim Afonso de Sousa; esculturas também retratam o Índio e animais
 
A Prefeitura de São Vicente iniciou, nesta segunda-feira (23), a exposição que homenageia personagens históricos através da arte de Laércio Alves da Silva. Na abertura, o artista vicentino foi recebido pelo prefeito Kayo Amado e pelo secretário de turismo, Renato Marchesini. Várias autoridades municipais também prestigiaram a mostra.
 
Os visitantes poderão conhecer as obras de Laércio até o dia 24 de setembro, das 9h às 17h.

“Dizem que nada se perde, tudo se transforma e o artista faz isso com habilidade. Tenho certeza que quem vier à Prefeitura poderá admirar esse lindo trabalho de um artista vicentino. O caminho do futuro é ter esse olhar criativo para os resíduos que poderiam ser considerados descartáveis e foi transformado em algo que as pessoas admiram”, afirmou o prefeito Kayo Amado, se referindo ao material usado por Laércio para dar vida às obras. 
 
O artista utiliza sucatas automotivas, ferro, aço inox, solda e muita imaginação.
 
O secretário de Turismo de São Vicente, Renato Marchesini, diz que a exposição é uma oportunidade para que os vicentinos conheçam o talento de Laércio.
 
“Ele merece que as pessoas conheçam o seu trabalho. Tenho certeza que quem vier vai gostar muito e se surpreenderá com o talento e a riqueza dos detalhes de cada obra”, comentou.
 
O artista e a obra – Laércio Alves da Silva, de 52 anos, teve sua primeira exposição em 1977, aos 12 anos, como autodidata em desenho e pintura a óleo chamada ‘Primeiro Contato com Desenho’. Mas o destino lhe reservou outras profissões. Laércio se formou em arquitetura e artes em Campinas, antes de se dedicar durante quatro anos ao teatro. A vida de ator acabou interrompida com o nascimento do seu filho, e ele retornou para um sonho antigo: a escultura, onde ele consegue se expressar através de sucata e outros materiais.
 
Suas obras retratam personagens históricos e também jogadores de futebol. “O contato com o mundo futebolístico, inclusive, ganhou força a partir da mudança para o litoral paulista, em 2008.

A ideia de abordar o futebol no meu trabalho ocorreu com minha mudança para São Vicente, onde pude ter mais contato com o esporte. No início de 2010, com a chegada da Copa do Mundo (na África do Sul), e com a necessidade de divulgar meu trabalho, surgiu a ideia de criar o projeto ‘Homenagem aos Grandes Jogadores do Futebol Brasileiro’, com a criação de um time de estátuas dos maiores jogadores do Brasil”, explica.


                   
 
Trabalhos
 
1977: Primeiro contato com desenho (ARTE)
1981: Primeiro estudo de pintura 
1988: Primeira exposição coletiva - BATON E CARVÃO: Mogi Mirim (SP)
1989: Arte urbana: tentativa de intervenção - GRAFITE! na política contemporânea
1992: Primeiro contato com o teatro 
1995-96: C.P.T ( Centro de pesquisa teatral ) Antunes Filho: Dramaturgia, cenografia, figurino 
1998-99: Mapa cultural paulista Experiência com material reciclado (catalogado)
2000: PESQUISA (CRIA A TÉCNICA DE FAZER ESCULTURAS EM ARAME) 
2001-02: Mapa cultural (catalogado) Escultura: Pau de arara
2006-08: Exposição Paraty (imagens do Brasil esculturas de arame )
2008: Escultura em arame de alumínio: Cartola tamanho natural 
2009: Exposição do museu do coração: Bahia, Rio de Janeiro 
          Escultura em arame de alumínio: Coração 120x90, Busto Carlos Chagas.
2009: Escultura em arame: Charlie Chaplin: tamanho natural (Cine: Santa Teresa Rio de Janeiro)
2010: Escultura em arame (Pelé) tamanho natural: Memorial das conquistas : Santos Futebol Clube 
2010: Projeto: Carro em arame 2011 - São Francisco: arame de alumínio ( particular )
2011: Busto em arame de alumínio, Sigmund Freud
          Busto: C.G. Jung
 
Por Rafael Henrique
 


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite