Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de abril de 2024.
25/11/2021
NOTÍCIAS
Fiesp entrega propostas para o desenvolvimento econômico de São Vicente
Prefeito Kayo Amado e secretários foram convidados pelo presidente do Fiesp, Paulo Skaf, para apresentação do relatório com mais de 150 páginas; solicitação para produção do estudo havia sido feito há cinco meses pelo chefe do executivo

O prefeito de São Vicente, Kayo Amado, esteve presente na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), nesta quarta-feira (25).

O chefe do executivo foi convidado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que entregou um relatório de mais de 150 páginas, trazendo propostas para o desenvolvimento econômico de São Vicente, por meio de uma parceria técnica entre o Município e a entidade.

O estudo faz parte de uma solicitação feita há cinco meses, pelo próprio prefeito Kayo Amado, pensando na importância da realização desse diagnóstico com a visão de quem faz parte da indústria e que entende da economia do Brasil, enxergando, no futuro, o potencial de São Vicente.

“Solicitei, pessoalmente, essa parceria entre a Prefeitura de São Vicente e Fiesp para que o estudo pudesse ser concretizado. Não dá para ficar sentado esperando acontecer. Por isso abrimos diálogo, diretamente, com quem entende de indústria e expansão econômica no País para buscar a impressão deles sobre expectativas para o desenvolvimento do Município”.

Também estiveram presentes no encontro os secretários de Projetos Especiais (Sepes), Alexsandro Ferreira, de Turismo (Setur), Juliana Arnaud Santana, o economista e especialista em Competitividade e Tecnologia, Albino Fernando Colantuono e o gerente do Departamento de Competitividade e Tecnologia, Renato Corona.

O estudo traz novas perspectivas para as empresas que queiram investir em São Vicente, apresentando dados e evidências de oportunidades para atrair empreendimentos voltados para a indústria, turismo, comércio e prestação de serviços.
“Elaboramos um raio-x das possibilidades de ascensão de São Vicente com base nas características da Cidade, que inclui investidores para o setor turístico, para pólo de startup, para fomento da moda praia através de incubadoras, entre outras alternativas. Tudo isso forma um conjunto de sugestões que deverão ser apropriadas, discutidas e priorizadas pela gestão do prefeito Kayo Amado”, afirmou o gerente do Departamento de Competitividade e Tecnologia, Renato Corona.

A secretária de Turismo ressaltou a importância do estudo que, não apenas trouxe novas perspectivas, mas reforçou análises que já tinham sido percebidas através de indicadores e alguns critérios levantados para o crescimento econômico, principalmente em alguns nichos voltados ao turismo.
“Esse estudo foi baseado em dados e evidências, para direcionar o desenvolvimento em uma forma mais concisa, sem que a gente atue de uma maneira não direcionada, garantindo mais eficiência na implantação e com melhores perspectivas de resultados positivos”, afirmou Juliana Arnaud Santana.

Animado com os apontamentos do estudo, o secretário da Sepes, Alexsandro Ferreira, lembrou os desafios que a Cidade enfrenta e afirmou que o relatório será de grande ajuda, principalmente nesse período pós-pandemia. “Em uma Cidade com tantos desafios como é São Vicente, o planejamento é fundamental, sobretudo no setor econômico”.

O prefeito Kayo Amado comemorou a parceria com a Fiesp, lembrando que desde o início do ano busca parcerias para o crescimento econômico de São Vicente.
“Isso não acontece da noite para o dia. Não é em um passe de mágica, é um trabalho de planejamento para buscar atrativos, fortalecer a economia local, com estudos que indiquem quais os caminhos a seguir”, afirmou o prefeito.

Além disso, o chefe do executivo enfatizou a importância da realização desse diagnóstico que vai nortear e embasar as futuras decisões na Cidade. 
“Hoje volto para casa com a certeza de que esse ano já começamos a semear alguma ideias, possibilitando, futuramente, que a nossa Cidade cresça, aumente a receita, crie um círculo virtuoso, com diretrizes apontadas pela Fiesp, sobre o que tem de melhor no nosso Município, para que possamos alavancar a economia. Sei que ainda temos um longo caminho pela frente, para fazer com que, cada vez mais, São Vicente gere empregos e oportunidades para todos os nossos moradores e também para a região.”

Por Rafael Henrique

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite