Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de junho de 2024.
07/01/2022
NOTÍCIAS
Carro da Vacina percorre São Vicente neste final de semana (8 e 9)
Neste sábado (8), o veículo passa pela Vila Margarida, seguindo para o Catiapoã no domingo (9); carro já vacinou mais de 1.440 vicentinos 

Não há tempo ruim para o Carro da Vacina. A Secretaria de Saúde (Sesau) segue empenhada em zelar pela saúde dos vicentinos e não deixar 'ninguém escapar' da vacina contra a Covid-19. Neste final de semana, o veículo também percorre o Município. No sábado (8), o automóvel passa pela Vila Margarida, e segue para o Catiapoã no domingo (9). A vacinação vai das 8h às 14h. 

Em menos de um mês, o Carro da Vacina virou um dos símbolos de São Vicente no combate à pandemia. Desde o dia 9 de dezembro de 2021, quando o veículo entrou em ação, 1.444 doses já foram aplicadas. 

"Nitidamente a população abraçou a iniciativa. Muitos vicentinos não puderam tomar a primeira dose ou concluir o ciclo vacinal devido à dificuldade de deslocamento para alguma unidade de saúde. Agora, com o carro parando na porta da casa das pessoas, ficou muito mais fácil. É gratificante receber um retorno positivo dos moradores", comemora a secretária de Saúde, Michelle Santos. 

Cronograma- Na terça-feira (11), o 'Carro da Vacina' chega ao Tancredo Neves, encerrando o percurso na quarta-feira (12). Durante a semana, o horário de atendimento é das 15h às 21h. A Sesau planejou este horário para oferecer ao munícipe uma alternativa às Unidades Básicas de Saúde (UBS's) e Estratégias de Saúde da Família (ESF's), que funcionam nas partes da manhã e tarde. 

Para entender melhor quais os públicos, confira: 

- Primeira dose: público geral acima de 12 anos. 

- Segunda dose Coronavac: público geral acima de 18 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 28 dias entre primeira e segunda dose. 

- Segunda dose Pfizer: público geral acima de 12 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 21 dias após a primeira dose. 

- Segunda dose AstraZeneca: público geral acima de 18 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 56 dias entre primeira e segunda dose. 

- Dose de reforço Janssen: Público geral acima de 18 anos. O intervalo mínimo entre a data de imunização e a dose de reforço é de dois meses (61 dias). Para os imunossuprimidos, o prazo cai para 28 dias. 

- Terceira dose: profissionais da saúde e da educação; pessoas acima 60 de anos, que tenham recebido a segunda dose há dois meses. Público adulto (18 anos ou mais) com alto grau de imunossupressão, respeitando o intervalo de 28 dias após a segunda dose; e pessoas com 18 anos ou mais, que tomaram a segunda dose há quatro meses (122 dias). 

Por Guilherme Sibilio

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite