Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de abril de 2024.
22/03/2022
NOTÍCIAS
Prefeitura de São Vicente é contemplada com o programa
A Prefeitura de São Vicente firmou parceria com o Governo do Estado de São Paulo, para o programa “Próspera Família”.
O projeto de transferência de renda, chega ao Município com o intuito de ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade, contemplando ambientes familiares que possuem renda per capita de até R$ 105 por criança.
 
Poderão receber os benefícios do Programa, as famílias que estão cadastradas no CADÚnico, com crianças da primeira infância, até os 6 anos, e com criação monoparental, quando são criadas por apenas um dos pais. 
 
O projeto tem duração de um ano e foi dividido em quatro partes, sendo essas: elaboração de projeto de vida, capacitação, empreendedorismo e incentivo financeiro. 
 
O secretário de Desenvolvimento Social Leandro Valença (Sedes) explica a importância do “Próspera Família” para a Cidade.
“Muitas dessas pessoas que estão cadastradas no CADÚnico, irão ter diversas oportunidades para sair da extrema pobreza. Os beneficiários poderão entrar no mercado de trabalho, por meio de capacitação, para ajudar na renda familiar”.

A vice-prefeita Sandra Conti, também esteve presente e exaltou o trabalho feito pela Prefeitura para participar do projeto.
"O fato de São Vicente ter sido contemplado, pela primeira vez, para esse projeto significa que, além de podermos dar certo alívio para pais e mães que criam seus filhos sozinhos, também estamos cumprindo todos os requisitos para recebermos um benefício de tanta importância. Além de ajudar no sustento, vai incentivá-los a empreender, o que acaba dando uma nova opção de vida para estas famílias. Isso é fundamental”.
 
Cadastro CADÚnico -
Podem se inscrever no Cadastro Único as famílias que:
a) Possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo R$ 522,50 (metade do salário mínimo);
b) Possuem renda mensal familiar total de até três salários R$ 3.135,00 (três vezes o salário mínimo);
c) Possuem renda acima dessas, mas que estejam vinculadas ou pleiteando algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em suas concessões;
somando o salário de todas as pessoas da família e dividindo pelo número de membros da família, o valor for de até R$ 522,50 (metade do salário mínimo) por mês; ou
a soma dos salários de todas as pessoas da família for de até R$ 3.135,00 (três vezes o salário mínimo); ou estiverem em situação de rua, seja uma pessoa sozinha em situação de rua ou uma família.
 
Documentos necessários -
Comprovante de residência atualizado;
CPF;
RG;
Título de Eleitor;
Certidão de Nascimento (para menores de idade);
Certidão de Casamento (se houver);
Carteira de Trabalho.
 
Onde solicitar -
Presencialmente em um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Para informações: 3569-2222
Agendar o cadastro em uma unidade de atendimento pessoalmente ou por telefone.
Comparecer no dia e horário agendado com a documentação necessária
 
Por Marian Cursino


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite