Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de abril de 2024.
09/06/2022
NOTÍCIAS
Dia Nacional da Imunização: São Vicente atinge marca de 800 mil doses contra Covid-19
Nesta quinta-feira (09) é celebrado o Dia Nacional da Imunização, campanha que tem como principal objetivo alertar e fazer o convite para a população sobre a importância de manter o calendário vacinal em dia, pois é a estratégia mais eficaz de combater algumas doenças. 
 
É importante para todos possuir os anticorpos que o sistema imunológico produz por meio das vacinas, sendo assim, cria-se a defesa necessária contra os agentes causadores, tornando nossos corpos imunes.
 
A Secretaria de Saúde (Sesau) iniciou a vacinação contra a Covid-19 em janeiro de 2021. Em um ano e meio de imunização, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos, a Cidade está chegando à marca de 800 mil doses aplicadas. 
 
Os números são o reflexo de um trabalho árduo da Sesau, que atuou com seriedade e planejamento para que não faltassem doses aos munícipes. A gestão se manteve atenta durante todo esse período, respeitando as recomendações das autoridades de saúde, e ampliando o cronograma vacinal conforme orientação da Secretaria de Saúde do Estado, para que mais pessoas pudessem ter a chance de receber a proteção contra o vírus.
 
Além das 26 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s)/ Estratégias de Saúde da Família (ESF’s), foram criados postos móveis de vacinação para ajudar na aplicação das doses. O carro da vacina também entrou em ação para levar o imunizante para a porta de casa dos faltosos.
 
Já a imunização contra o vírus da gripe (Influenza) está presente no calendário anual de vacinas estabelecido pelo Ministério da Saúde. Em São Vicente, a campanha iniciou em março de 2022 e, até o momento, foram vacinadas quase 50 mil pessoas.
 
O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus que, em muitos casos, pode ser fatal. A Sesau também está disponibilizando o imunizante para as crianças de seis meses a menores de cinco anos, profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos. O número de contemplados com a vacina já soma quase 7 mil munícipes.
 
“O ato de se vacinar contra as doenças e vírus também é cuidar do próximo, pois trata-se de uma questão de saúde pública e coletiva. É uma responsabilidade social em conjunto, pois é um dos métodos mais eficazes para evitar infecções, complicações e mortes. É de extrema importância que desde pequenas, as pessoas sejam protegidas com as vacinas em todas as fases da vida”, ressaltou a secretária de saúde, Michelle Santos.
 
Por Emerson Nascimento

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite