Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 18 de abril de 2024.
30/08/2022
NOTÍCIAS
Palestra em escola do Parque das Bandeiras alerta sobre “armadilhas” das redes sociais

Mais de 400 alunos da EMEF Mário Covas (Parque das Bandeiras, na Área Continental de São Vicente) tiveram na manhã desta terça-feira (30) uma verdadeira aula sobre cuidados a serem tomados nas redes sociais, ferramenta de comunicação cada vez mais presente na vida das pessoas. 

Os estudantes acompanharam no pátio da unidade a palestra sobre o tema, ministrada pelo tenente Câmara, do 21º Batalhão da Polícia Militar. O oficial ainda abordou as diversas funções exercidas pela instituição policial e citou ações que ajudaram a salvar vidas.

Durante a explanação, Câmara alertou sobre a exposição de muitas pessoas (e não apenas jovens) nas redes sociais, tornando-se alvos fáceis de estelionatários ou aliciadores. Para comprovar os riscos, o tenente citou um professor da unidade que aceitou, horas antes, o convite de amizade enviado por perfil falso, criado pelo próprio palestrante. “Quando vi a solicitação de amizade, jurava que era um aluno”, revelou o professor. O policial também detalhou todos os gostos musicais, estilos de roupas e séries preferidas de um determinado estudante, que se espantou ao saber que a sua vida estava tão exposta.

Câmara também mostrou uma publicação jornalística em que uma criança morreu após aceitar, por uma rede social, o “desafio” de inalar desodorante aerossol.  

O tenente citou, ainda, o salvamento realizado por policiais militares de um bebê que estava engasgado, e apresentou a carreira como uma boa oportunidade profissional.

“Achei bacana a iniciativa da direção em promover esse tipo de trabalho, mostrando que a polícia é amiga da sociedade, dos jovens e da escola. A polícia existe para proteger as pessoas e também levar um pouco de valores e princípios”, disse o palestrante.

Diretora da unidade, Francilma de Paula Barros informou que a EMEF Mário Covas tem promovido palestras de diversas áreas. “Estamos mostrando que há diversas opções de profissões que se pode seguir, independentemente de onde a pessoa resida. Nesta quarta-feira (31), por exemplo, vamos receber uma psicóloga, que vai falar como é o seu trabalho e sobre assuntos relacionados à pressão social exercida pela internet”.



Por Renato Pirauá

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite