Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 17 de abril de 2024.
19/09/2022
NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde contempla servidores de Saúde Mental com atividades no Setembro Amarelo
A Secretaria de Saúde de São Vicente (Sesau) e a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Campus Baixada Santista, por meio da parceria para o desenvolvimento da 10ª edição do Programa de Educação para Trabalho para Saúde (PET-Saúde), promoveram uma oficina para os servidores da área da saúde mental do município em alusão ao Setembro Amarelo. A oficina teve como seu foco a valorização do profissional, buscando acolher os servidores que cuidam da população.
 
Setembro passou a ser conhecido como “Setembro Amarelo”, quando em 2015, no Brasil, foi instituído o mês de Prevenção ao Suicídio.
 
Daniela Crescente, coordenadora do Núcleo de Educação Permanente em Saúde, foca na necessidade da humanização. “Tem dias que falamos sobre a Política Nacional de Humanização, e tem dias que botamos em prática, para a equipe sentir como o acolhimento é importante e criar uma boa ambiência para o servidor.” 
 
Foram realizadas atividades buscando aprendizado de novas práticas coletivas para que esses servidores sejam multiplicadores em suas unidades de atendimento, e também para que esses trabalhadores, que são a vanguarda da saúde mental no Município, se sintam acolhidos e contemplados.
 
“Uma manhã de relaxamento faz com que eles possam levar essas experiências para a prática profissional deles com os usuários de saúde mental, e também para que eles possam repensar como estão se situando no serviço e na vida.” pontua Maria José Alcalá Cravo, coordenadora da Saúde Mental e psicóloga, sobre a importância da oficina.
 
Servidores de todas as unidades participaram das atividades, abrangendo trabalhadores da Rede de Urgência e Emergência que atuam no Hospital Olavo Horneaux de Moura, Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Rede de Atenção Primária que atuam na  Estratégias de Saúde da Família (ESF) Jardim Rio Branco II e III e diversos CAPS.
 
As atividades, conduzidas por participantes do programa PET-Saúde, começaram com uma prática corporal de aquecimento, seguida por atividades para tentar identificar e entender quais situações cotidianas causam estresse. A última atividade realizada foi uma dinâmica coletiva rotatória, onde os servidores foram divididos em grupos com diferentes materiais e texturas, e tinham que construir uma arte contribuindo com o trabalho que os outros grupos haviam dado início.
 
Mariana Chávez, docente da UNIFESP e coordenadora do PET-Saúde, ressalta a reflexão causada por essa atividade. “A ideia é estimular o trabalho em equipe e refletir o quanto o seu trabalho afeta o trabalho do outro, para que os servidores consigam construir juntos ações que possam proporcionar uma melhor saúde às pessoas.”
 
Para a secretária de Saúde, Michelle Santos, é fundamental que a campanha do Setembro Amarelo alcance também os servidores. “É um momento importante para a tomada de consciência sobre essa problemática que é a taxa de suicídio, e ao mesmo tempo refletir sobre práticas de prevenção. Esses servidores, que atuam na linha de frente no tratamento da saúde mental, também passam por problemas, e nós, como gestão, precisamos cuidar de quem cuida.”
 
Por Matheus Terras

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite