Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 13 de abril de 2024.
10/10/2022
NOTÍCIAS
Vacinação no “Dia das Crianças” acontece normalmente no posto fixo do Brisamar Shopping, em SV
O posto fixo de vacinação do Brisamar shopping seguirá atendendo a população no feriado de quarta-feira (12), com todas as vacinas presentes no Calendário Nacional de Vacinação e das campanhas à disposição.
 
O local funciona das 12h às 20h, horário estratégico para aproveitar a movimentação de um dos pontos mais visitados da Cidade.
 
A iniciativa da Secretaria de Saúde (Sesau) busca alcançar aquelas pessoas que são impossibilitadas de comparecer aos postos de vacinação durante a semana, devido à correria do dia a dia. 
 
É necessário levar RG e caderneta de vacinação.
 
Segundo a secretária de Saúde, Michelle Santos, a vacina é um dos melhores presentes que os pais e responsáveis podem dar. “Não tem nada melhor que a segurança das nossas crianças, e para manter a caderneta em dia, seguimos vacinando até mesmo nesta data tão importante. Os pais e familiares  podem aproveitar e atualizar as vacinas que estão em atraso. É um ótimo exemplo para os pequenos”.
 
Confira abaixo as vacinas e públicos disponíveis no posto:
 
Covid-19:
 
Vacinação Infantil - 3 a 5 anos 
 
Crianças com mais de 3 e menos de 5 anos estão aptas a tomar Coronavac. A primeira dose também está disponível para o público geral acima de 5 anos. A Sesau reforça que crianças de 5 anos só podem ser vacinadas com o imunizante Pfizer/BioNTech e Coronavac. 
 
É importante frisar que para as crianças receberem o imunizante, será preciso apresentar um termo de autorização dos pais ou responsáveis. 
  
- Primeira dose: público geral acima de 3 anos.
 
- Segunda dose Coronavac: público geral acima de 6 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 28 dias entre primeira e segunda dose.
 
- Segunda dose Pfizer:
 
Público geral de 12 anos a 17 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de oito semanas (56 dias) dias após a primeira dose.
 
Público geral acima de 18 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 21 dias após a primeira dose.
 
- Segunda dose AstraZeneca: público geral acima de 18 anos. É necessário respeitar o prazo mínimo de 56 dias entre primeira e segunda dose.
 
- Dose de reforço Janssen: Público geral acima de 18 anos. O intervalo mínimo entre a data de imunização e a dose de reforço é de dois meses (61 dias). Para imunossuprimidos, o prazo cai para 28 dias.
 
- Terceira dose: Público geral acima de 12 anos. É recomendado o intervalo de quatro meses entre a segunda e terceira dose.  
 
- Quarta dose: Pessoas com 18 anos ou mais, imunossuprimidos a partir de 12 anos e profissionais da saúde podem receber a quarta dose da vacina contra a Covid-19. É necessário respeitar o prazo mínimo de quatro meses (122 dias) após a terceira dose. 
 
- Quinta dose: Imunossuprimidos com 18 anos ou mais estão aptos a receber a quinta dose da vacina contra o vírus da Covid-19. É necessário respeitar o prazo mínimo de quatro meses (122 dias) após a quarta dose. 
 
São consideradas imunossuprimidas pessoas com lúpus, Doença de Crohn, artrite reumatoide, síndrome de Sjögren, esclerose sistêmica, entre outras.
 
Documentos:
 
Maiores de idade: Caso o munícipe vá tomar a primeira dose, é necessário apresentar documento com foto, CPF e comprovante de residência. Para quem for tomar a segunda ou as doses de reforço, basta apresentar documento com foto e a carteira de vacinação com registro da dose anterior.
 
Menores de idade: Para primeira dose, é necessário RG, comprovante de residência em nome do responsável, cartão SUS e CPF. Caso a criança não tenha CPF, é preciso apresentar certidão de nascimento. Para quem for tomar a segunda ou as doses de reforço, basta apresentar documento com foto e a carteira de vacinação com registro da dose anterior. Para as crianças com idade até 11 anos é importante que os responsáveis apresentem a carteirinha de vacinação de rotina da criança.
 
Gripe:
 
Público geral de todas as faixas etárias.
 
Poliomielite e Multivacinação:
 
Crianças menores de 5 anos de idade, sendo que as crianças menores de 1 ano deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para esquema primário. 
 
Já as crianças com idades de 1 a 4 anos somente poderão ser vacinadas indiscriminadamente com a vacina oral poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de vacina inativada poliomielite (VIP), do esquema básico.
 
Com relação à multivacinação, a ação é uma estratégia adotada com a finalidade de atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias), de acordo com o Calendário Estadual de Vacinação, e imunizar, de forma indiscriminada, com a VOP, as crianças entre 1 e 5 anos que estejam com o esquema primário completo com a VIP.
 
As crianças menores de 1 ano de idade (até 11 meses e 29 dias) deverão ser vacinadas seletivamente, conforme as indicações do Calendário Estadual de Vacinação, com a VIP.
 
Por Emerson Nascimento


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite