Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de junho de 2024.
24/02/2023
NOTÍCIAS
São Vicente marca presença em reunião com ministros e apresenta demandas de prevenção a desastres naturais
As chuvas têm afetado a vida de milhares de pessoas no Estado de São Paulo desde o Carnaval. Buscando medidas de prevenção a possíveis desastres naturais em São Vicente, o prefeito Kayo Amado participou de uma reunião na sexta-feira (24), na Santos Port Authority, com os ministros do Governo Federal, Márcio França (Portos e Aeroportos), Waldez Góes (ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional) e Sônia Guajajara (Povos Originários). 
O encontro pautou os recentes prejuízos causados nos municípios, sobretudo nas cidades de Guarujá, Bertioga, Ilhabela, Ubatuba, São Sebastião e Caraguatatuba, que estão sob estado de calamidade pública. A Baixada Santista costuma sofrer com as fortes chuvas, em especial no verão. Por esse motivo, o prefeito Kayo Amado e demais chefes do Executivo da região apresentaram suas principais solicitações. 
“Temos projetos relacionados às encostas da Cidade, porém são valores que fogem à capacidade do Município. Contamos com a ajuda dos governos Estadual e Federal. Se essa tempestade tivesse vindo para cá, o colapso seria na Baixada Santista”, declarou o prefeito. 
Kayo Amado também salientou que, junto ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), está sendo feita a instalação dos primeiros sete conjuntos de comportas na Cidade, que serão situadas nos seguintes locais: Avenida Castelo Branco, Pompeba, Dique do Piçarro, Dique das Caixetas, Rio dos Bugres, Sambaiatuba e Jóquei Clube. Também será realizado serviço de recuperação dos taludes do canal da Avenida Eduardo Souto.
“O próximo passo é a estação elevatória de bombeamento, a qual não temos recurso. Uma série de obras ‘invisíveis’, mas necessárias para resolver o problema das enchentes”, concluiu.
"Nos reunimos com os prefeitos porque situações emergenciais acontecem com frequência. Queremos que todos estejam preparados", explicou Márcio França. 
O secretário Waldez Góes frisa que o Governo Federal vem estudando medidas de prevenção aos desastres, e se dispôs a trabalhar melhorias estruturais para a Baixada. "Essa é uma dinâmica nova para que possamos enfrentar melhor os problemas que continuarão acontecendo. É importante estarmos prontos para esses temporais".
 
 
Daqui há duas semanas haverá um reencontro em Brasília a fim de dar sequência às demandas solicitadas por cada município.
Também participaram do encontro demais prefeitos da Baixada Santista e do Vale do Ribeira, além de deputados estaduais e federais.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite