Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 16 de junho de 2024.
06/06/2023
NOTÍCIAS
Carateca vicentina representa Seleção no Pan-Americano
Carregando a bandeira vicentina no esporte, a jovem carateca Thalita Rodrigues de Souza, de 15 anos, foi convocada para representar a Seleção Brasileira no Pan-Americano 2023 da modalidade, disputado em agosto, no Chile. Nesta segunda-feira (5), o prefeito Kayo Amado a recebeu em seu gabinete para, junto ao secretário de Esportes, Wagner Paraguay, parabenizá-la. Também estiveram no encontro o sensei, Lucas Mitsuo Higa, e a mãe, Ivanilda Rodrigues da Silva.
 
“É muito gratificante poder prestigiar os talentos da nossa cidade no esporte. Quando um atleta representa São Vicente, carrega o nome de outras 370 mil pessoas. Thalita conseguiu mais do que isso, pois levará o nome de um país de mais de 210 milhões de habitantes. Ela já é uma vencedora, independentemente do resultado final”, enaltece o prefeito.
 
A moradora do Parque Bitaru começou a lutar em 2017, aos 9 anos, pelo Programa Jornada Ampliada (PROJAM), da Secretaria de Educação (Seduc), na Unidade Educacional Jonas Rodrigues. “Uma amiga minha, que ainda estuda comigo, me contou que estava tendo aula de caratê na escola. Pedi para ela me mostrar. Conversei com o professor e, no final do dia, falei para minha mãe que gostaria de me aprimorar. Ela me inscreveu e, desde então, não parei mais”, contou a atleta.
 
Além de treinar na escola em que estudava, Thalita também utilizava as estruturas da Associação Higa-Dojô, buscando preparar-se para competições de alto nível.
 
Mesmo durante a pandemia, com treinos remotos, ela nunca pensou em desistir. “A quarentena atrapalhou um pouco. Muita gente acabou desistindo, mas ela continuou firme. Sempre mantivemos contato. Mesmo sem as aulas, Thalita mantinha sua forma treinando em casa. Isso fez toda a diferença. Quando voltamos da pandemia, ela já estava à frente”, ressaltou o sensei.
 
Em 2022, Thalita participou de cinco campeonatos, sagrando-se campeã em todos eles. No mesmo ano, foi aprovada na Graduação do 2º Kyu - Faixa Roxa de caratê, pulando da categoria iniciante para profissional. 
 
Em março de 2023, a jovem representou São Vicente e a Seleção Brasileira no Sul-Americano, que aconteceu em São Bernardo do Campo. Thalita trouxe medalha para a Primeira do Brasil, fechando o campeonato em 3º lugar.
 
A mãe não esconde a felicidade. “É muito bom vê-la ela conquistando tudo tão nova. A gente sabe que não é um caminho fácil, que precisa batalhar muito, mas o importante é não desistir”.
 
O sensei conta que Thalita já está com as preparações a todo vapor para o Pan-Americano. “Ela está treinando bastante. Praticamente todo dia. Fará um treinamento físico mais específico, pois ela vai enfrentar adversárias mais difíceis”, contou.
 
Jovem e muito consciente, ela aconselha aqueles que sonham ingressar na modalidade. “Tem que se dedicar bastante. Ter persistência, pois o caminho não é fácil, mas o esforço, no final, vale a pena”.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite