Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 14 de junho de 2024.
05/07/2023
NOTÍCIAS
Creche Nayla oferece aulas semanais de yoga aos alunos

 

A creche Nayla I, no Conjunto Habitacional Tancredo Neves, mantém uma proposta super saudável para atender aos alunos do Maternal I. Toda segunda-feira, no período da manhã, as crianças participam de aulas de yoga gratuitas, ministradas pela professora voluntária Tuany Mazzitelli.
O projeto que acontece há dois anos tem a premissa de desenvolver desde cedo habilidades de concentração, foco e disposição física, além de trabalhar a coordenação motora e comportamento. As aulas seguem um diferente programa educacional com a junção de um sistema de posições físicas (Asana) e técnicas de respiração (Pranayama).
A iniciativa surgiu a partir de Tuany, que escolheu a creche que leva o nome de sua irmã, Nayla, e, por ser estudante de fisioterapia no momento em que o curso foi implementado na creche, que procurou se capacitar para a instrução de crianças e jovens nas práticas do yoga.
A professora conta que o trabalho com os alunos têm trazido grande satisfação a si mesma e aos pais dos estudantes, que vêem seus filhos repetirem as posturas de yoga aprendidas na aula, em casa.
“Os pais adoram, pois viram como seus filhos levam com muita alegria as posturas aprendidas para fazerem em casa, tudo que faz bem às crianças e os fazem felizes os pais ficam satisfeitos. Para mim, como profissional de fisioterapia e que adora trabalhar com criança, a experiência de ensiná-las e ver o desenvolvimento neuropsicomotor de cada um é de extrema importância, pois a escolha da minha profissão nasceu dessa premissa”.
Quem foi - Nayla nasceu em 1989 e, conforme detalha o site amoravida.org.br,  com 6 meses de vida apresentou uma doença óssea muito rara, a osteopetrose, cuja cura exigia um transplante de medula óssea no exterior, com um custo aproximado de 200 mil dólares. Sem condições financeiras de arcar as custas, os pais pediram ajuda a amigos e, assim, surgiu o movimento em prol da vida de Nayla (Pró-Nayla). A campanha aconteceu em 1991, despertando uma mobilização de solidariedade. Em 4 meses o dinheiro necessário foi arrecadado, possibilitando a realização do transplante em Seattle (USA). Infelizmente, em consequência de uma infecção, a pequena Nayla veio a falecer.
 
Por - Renan Pablo

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite