Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 13 de junho de 2024.
15/07/2023
NOTÍCIAS
USP propõe medidas de enfretamento a desafios climáticos à Prefeitura
Na manhã desta sexta-feira (14), o prefeito de São Vicente, Kayo Amado, e secretários municipais receberam alunos do curso de Bacharelado em Gestão de Políticas Públicas da USP, no auditório da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp). A visita integra o projeto final da disciplina de 'Seminários', de Gestão Pública, que aborda a reflexão sobre mudanças climáticas e a elaboração de planos de sustentabilidade.
 
O encontro teve como objetivo principal estabelecer um diálogo entre os estudantes e as autoridades municipais, visando discutir a implementação de medidas que promovam a sustentabilidade e combatam os efeitos das mudanças climáticas no Município. Os alunos apresentaram propostas e compartilharam conhecimentos adquiridos durante o curso, enfatizando a importância de uma abordagem multidisciplinar para enfrentar os desafios.
 
Durante a reunião, os alunos puderam compartilhar as dificuldades relacionadas aos problemas climáticos e ambientais em São Vicente, apresentando soluções para enfrentamento. Entre as principais dificuldades mencionadas pelos alunos, destacam-se o histórico de precipitação que tende a se agravar com o tempo, assim como ondas de calor e colapso dos sistemas de drenagem.
 
Essas questões climáticas apresentam ameaças para São Vicente. Diante deste cenário, os alunos propuseram a elaboração de um plano abrangente para a construção de estratégias de enfrentamento e resposta às mudanças climáticas, que tendem a causar um aumento na frequência e intensidade de eventos extremos.
 
Diagnóstico do Plano:
 
O diagnóstico técnico dará base para o Plano de Ação. Os levantamentos feitos foram:
 
1. Análise de dados municipais em colaboração com a Secretaria do Meio Ambiente.
 
2. Realização de visitas ao município para uma avaliação direta das condições e desafios enfrentados no local, permitindo uma compreensão mais aprofundada das questões em questão.
 
3. Revisão e estudo de Planos Globais relacionados ao tema, a fim de incorporar as melhores práticas e na abordagem dos problemas climáticos e ambientais.
 
4. Avaliação do risco climático, considerando fatores como as mudanças de padrões climáticos, eventos climáticos extremos e vulnerabilidades específicas do município.
 
5. Identificação e análise dos problemas relacionados às residências localizadas em áreas de risco, com o objetivo de propor soluções adequadas e mitigar os impactos dessas situações.
 
Soluções:
 
Instalação do Sistema Agroflrestais SAFs - resgatar atributos ecológicos dessas áreas, utilizando o plantio de árvores nativas, aliado a garantia da segurança alimentar de populações locais, por meio da produção de alimentos (como legumes e verduras). Consórcio entre as famílias produtoras e o poder público.  
 
O Plano busca alinhar as prioridades sociais, ambientais e econômicas com as ações destinadas à melhoria das questões levantadas na Cidade. Durante a discussão, foi enfatizada a importância da participação comunitária, envolvendo líderes locais, movimentos sociais e outros atores do dia a dia, a fim de fortalecer a implementação da ODS 13 da ONU (Organização das Nações Unidas) e aproveitar recursos de editais públicos nacionais e internacionais.
 
Para o prefeito Kayo Amado, este é um debate necessário. "Só de começar a falar sobre isso já é ótimo. Estamos fazendo um primeiro investimento organizado nos canais da Cidade, como forma de evitar as enchentes. Temos que nos atentar para o cenário atual da natureza. É muito legal e prazeroso ver a apresentação de vocês. Fico satisfeito em saber que há um possível financiamento do Estado para as causas climáticas. O plano teve um bom avanço e vamos em busca de mais". 
 
A apresentação do plano contou com a orientação da professora da disciplina eletiva, Sylmara Dias. De acordo com ela, "Esse ano foi uma primeira experiência de análise sobre como os alunos podem aplicar o conhecimento que adquiriram durante o curso, para que, no próximo ano, possam pôr a mão na massa e aplicar na realidade de um Município um plano de ação climática. A troca com as secretarias foi muito enriquecedora para o avanço da pesquisa e do processo como um todo. Hoje é o fechamento da apresentação de ideias e, após isso, vamos aprofundar e colocar o plano em ação".
 
Após a apresentação e resposta do prefeito, foi realizada uma roda de conversa com os secretários municipais, para avaliar a viabilidade das medidas propostas pelos alunos.
 
Os estudantes escolheram São Vicente como local para apresentar suas propostas, uma vez que o prefeito Kayo Amado também é formado no mesmo curso, estabelecendo uma conexão especial entre a turma e a gestão municipal. 
 
Por Cendy Domingues

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite