Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 19 de junho de 2024.
14/09/2023
NOTÍCIAS
São Vicente abre cadastro a atletas para fomentar esporte da Cidade
A Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sespor),  e do Conselho Municipal do Esporte e Lazer (Compespor), abriu um formulário para que todos os atletas de alto rendimento da Cidade possam se cadastrar. 
 
A ideia é que, com esses dados, o conselho e a Administração Municipal consigam mapear e quantificar esses atletas para, assim, não somente reconhecer, como também criar projetos específicos para eles, como o ‘Bolsa Atleta’, buscando incentivar e prestar suporte àqueles que representam São Vicente em competições de alto nível. 
 
Para se cadastrar como atleta do município é bem simples, basta preencher o formulário completo com os dados pessoais no link abaixo e aguardar as orientações da Secretaria de Esportes e Lazer (Sespor).
 
 
“O mapeamento dos atletas de  alto rendimento através do cadastro será crucial para podermos desenvolver um futuro projeto de “Bolsa Atleta” para apoiar esses guerreiros que representam a Cidade, incentivando ainda mais a dedicação ao esporte. Isso contribuirá para o sucesso esportivo e o desenvolvimento das modalidades em São Vicente” declarou Wagner Paraguay, secretário de Esporte e Lazer.
 
A Primeira Cidade do Brasil é um verdadeiro berço do esporte brasileiro, reconhecida por ter revelado vários esportistas que se destacam até hoje no cenário nacional e mundial.
 
Atletas vicentinos que fizeram história
Ícaro Castro de Mello (1913-1986) é o mais antigo competidor a levar o nome da Cidade aos Jogos Olímpicos. Ele disputou a edição de 1936, em Berlim. Natural de São Vicente, Ícaro também era arquiteto. Como atleta, competiu nas modalidades salto em altura e com vara, e foi recordista sul-americano.
 
Wlamir Marques, de 85 anos, é o vicentino com maior número de participações nos Jogos Olímpicos. O craque de basquete fez parte da 'geração de ouro' da Seleção Brasileira, bicampeã mundial, em 1959 na Cidade de Santiago (Chile), e em 1963 no Rio de Janeiro.  Considerado um dos maiores jogadores brasileiros de basquete de todos os tempos, o vicentino participou das Olimpíadas de 1960 (Roma), 1964 (Tóquio) e 1968 (Cidade do México). Conquistou medalha de bronze com o Brasil nas duas primeiras edições. 
 
O craque do Brasileirão 2020, Claudinho, do Red Bull Bragantino, é mais um personagem criado em São Vicente que defendeu o Brasil no cenário internacional. O espetacular desempenho lhe garantiu artilharia da competição, ao lado de Luciano, do São Paulo, com 18 gols e o prêmio de melhor do campeonato, elementos que fizeram com que o meia vicentino entrasse no radar da Seleção Brasileira. O jogador defendeu a Amarelinha na conquista do bicampeonato olímpico, em 2021, no Japão.
 
O exemplo mais recente é o da zagueira Kathellen. A vicentina disputou a Copa do Mundo de Futebol Feminino (sua segunda na carreira) pela Seleção Brasileira. Além disso, ela defende a camisa do Real Madrid, um dos maiores clubes do mundo.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite