Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de fevereiro de 2024.
20/09/2023
NOTÍCIAS
Proteção contra violência sexual na infância é tema de peça teatral

 

Mais de 160 alunos do 1º ao 5º ano da Unidade Educacional Vera Lúcia Machado Massis (Náutica 3) assistiram na tarde desta quarta-feira (20) uma montagem teatral que uniu diversão e consciência sobre um pertinente assunto de interesse geral: o combate ao abuso sexual infantil. O espetáculo “O Encantador Mundo dos Bonecos” tem como protagonistas as personagens do premiado livro infantil “Pipo E Fifi - ensinado proteção contra a violência sexual na infância”, da escritora Caroline Arcari, com ilustraçãoes de Isabela Santos.

 

Com duração de um hora, a peça apresentou de forma lúdica e sensível conceitos básicos sobre corpo, sentimentos, convivência e trocas afetivas. “Percebemos a necessidade desse espetáculo nas escolas. A cada apresentação, notamos o quanto se trata de um assunto importante”, afirma Aguinaldo Rodrigues, que interpreta a menina Fifi e está há 19 anos no grupo Cia Truck de Teatro. O ator acrescenta que o sucesso da peça está nas personagens carismáticas, utilizando-se uma linguagem próxima das crianças. “Os bonecos trazem essa afinidade, ajudando a despertar um pensamento crítico e consciente”.

 

“É um tema que visa a quebrar de tabus e deixa mais claro a questão do respeito sobre o corpo. Alertamos que a criança tem direito a dizer ‘não’ quando, por exemplo, um adulto quer colocá-la no colo”, destaca a atriz Thais Rossi, que interpreta a professora Sofia. “Ao término, orientamos àquelas crianças que se vejam nessa situação a procurar um adulto de confiança. O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) estima que menos de 10% dos casos de abuso viram denúncia”. 

 

De patrocínio do parceiro da Secretaria da Educação (Seduc), EcoRodovias, o espetáculo tem no elenco Aguinaldo Rodrigues (menina Fifi), Stefany Araújo (Pipo), Thais Rossi (professora Sofia) e Michelle Racaneli, com iluminação e som de João Santiago e adaptação de Henrique Sitchin. 

 

A ação é viabilizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal e visa ensinar os estudantes a diferenciar toques de amor de toques abusivos, apontando caminhos para o diálogo e proteção. O espetáculo é de autoria da Cia Truks, companhia com 33 anos de atividade e mais de 9 mil apresentações no Brasil e em 12 países.

 

Texto - Renato Pirauá

Fotos - Cynthia Rocha

 

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite