Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de fevereiro de 2024.
29/09/2023
NOTÍCIAS
Profissionais do Programa Mais Médicos chegam a SV para compor e ampliar as equipes das ESFs
A Secretaria de Saúde de São Vicente (Sesau) apresentou, nesta sexta-feira (29), oito profissionais do Programa Mais Médicos (PMM) que vieram para compor e reforçar as equipes das unidades que funcionam como Estratégias de Saúde da Família (ESF). O grupo é formado por brasileiros e estrangeiros, e foi recepcionado pelo prefeito Kayo Amado e pela secretária da Saúde, Michelle Santos, no Salão Nobre do Paço Municipal. No mês passado, a Sesau recebeu cinco profissionais, totalizando 13 médicos recém-chegados à cidade.
 
O grupo que se apresentou nesta sexta-feira é formado por cubanos, uma boliviana e brasileiros formados em Cuba, na Argentina, na Bolívia e no Brasil.
 
Os médicos selecionados já se apresentaram para a ocupação dos cargos e assumiram seus postos em unidades das áreas Insular e Continental, preenchendo vagas de profissionais que já saíram do programa. Os profissionais já estão atuando e conhecendo a estrutura e o funcionamento dos atendimentos e serviços nas ESFs. Na última semana, os profissionais passaram por uma capacitação preparatória e treinamentos com os diretores da Sesau.
 
Com a chegada desses profissionais, a Sesau amplia para 34 o número de generalistas do Programa Mais Médicos que atuam na Cidade e que vão aumentar a cobertura da atenção primária na rede de saúde do Município.  
 
Também participaram da recepção a vice-prefeita Sandra Conti, o presidente da Câmara de São Vicente, Adilson da Farmácia, e os vereadores Jefferson Cezarolli e Jatobá.
 
Para o prefeito Kayo Amado, os profissionais são muito bem-vindos na Cidade e vão reforçar a prevenção no atendimento à população vicentina. “A gente tem feito grandes mudanças estruturais no sistema de saúde com o objetivo de melhorar a ambientação, melhorar a qualidade dos espaços e proporcionar atendimento de qualidade à população vicentina. Tenho certeza de que esses médicos vão fazer a diferença nas comunidades, fortalecendo a prevenção, que é a melhor forma de cuidar da saúde”. 
 
"A vinda desses médicos nos dá a possibilidade de aumentar as estratégias de prevenção às doenças e facilitar a troca de conhecimentos e experiências, o que enriquece o sistema de saúde da nossa Cidade", declara Michelle Santos, secretária da Saúde. 
 
Marli Xavier Cipriano, de 35 anos, é uma das médicas do programa. Vicentina, filha de pedreiro e de empregada doméstica, saiu do Jardim Rio Branco para estudar Medicina em Cuba, com o auxílio de programas sociais. Depois de sete anos de estudo, ela volta ao Brasil para realizar o seu sonho. “Eu sempre sonhei ser médica e um dia voltar para trabalhar na minha cidade. E estou realizando o meu sonho, vou atender no bairro vizinho de onde morei, no Parque das Bandeiras. Tive dificuldade em Cuba por causa do idioma e da condição financeira, mas eu consegui terminar os estudos. Meus amigos de lá viraram minha família. Hoje eu falo que Cuba é o meu segundo país, mas quero voltar para visitar”.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite