Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 04 de março de 2024.
09/10/2023
NOTÍCIAS
Anunciado por crianças, São Vicente lança programa de alfabetização
O prefeito Kayo Amado e a secretária de Educação de São Vicente, Nivea Marsili, anunciaram na tarde desta segunda-feira (9) o lançamento do Programa Alfabetizando, que visa tornar mais eficiente a alfabetização das crianças matriculadas até o segundo ano. Entre as decisões está a adoção de salas com menos alunos, possibilitando ao professor dedicar uma atenção maior no processo de aprendizagem.
 
O lançamento foi feito durante o Encontro de Educadores de São Vicente, evento realizado no Ilha Porchat Clube para cerca de 4 mil profissionais ligados à educação, entre professores, gestores, funcionários e demais colaboradores. A aluna Laura Solis foi a responsável por explicar a proposta. “Tenho sete anos e já sei ler. Creio que toda criança tem o direito de ler e escrever. Afinal, ler é sonhar, e escrever é construir”, leu a estudante do 1º ano da Unidade Educacional Regina Celia (Centro), para centenas de pessoas na plateia.
 
Laura teve a fala complementada por Arthur Guisini Cezário de Andrade, que também tem 7. “O Alfabetizando chegou para impactar a minha vida e a de todos os alunos de São Vicente. O principal objetivo dele é garantir a alfabetização das crianças na idade certa. Para começar o ano de 2024, as turmas de 1º e 2º anos terão número reduzido de alunos. Mas ninguém vai ficar sem vaga”, brincou Arthur, que foi aplaudido pelo público. 
 
O prefeito Kayo Amado ressaltou a importância da educação na realização de sonhos e um futuro melhor para São Vicente. "Para mim é uma felicidade enorme poder proporcionar isso às crianças de São Vicente. Estamos trabalhando muito buscando gerar condições para que as crianças da nossa cidade tenham sempre a oportunidade de sonhar. A educação é que proporciona isso".
 
Nivea Marsili apresentou, ainda, os dez elementos fundamentais  do Programa: currículo e orientações pedagógicas, formação continuada, material pedagógico, avaliação da aprendizagem, equidade, acompanhamento pedagógico, monitoramento de dados, sistema de incentivos, comunicação e engajamento da escola, família e comunidade, além de tecnologia e inovação (centro de mídias). “Quando se aprende a ler e escrever na idade certa, a escola liberta essa criança para o mundo”, completou Nivea. 
 
 Por - Renato Pirauá

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite