Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de fevereiro de 2024.
31/10/2023
NOTÍCIAS
Sesau cria o primeiro Serviço de análise e estatística de dados (SAED) do Município
De forma revolucionária a Secretaria de Saúde de São Vicente (Sesau) criou o projeto ’Serviço de análise e estatística de dados (SAED) dos sistemas de informação’, que visa acompanhar e controlar os casos de endemias no Município, além de servir como um sistema organizacional de processamento de dados e mais um meio de orientação para a população em relação às doenças. Como mais um dos avanços conquistados nesta gestão, o plano foi criado em janeiro deste ano, a partir do momento em que a secretária de Saúde, Michelle Santos, percebeu que a Cidade não possuía uma cultura de análise de dados para transformar em informação. Como resultado deste olhar mais minucioso, o projeto passou a ser idealizado pelo agente de combate às endemias e coordenador das Áreas de Meio Ambiente e Análise de Dados, Fábio Lopes Corrêa da Silva. O trabalho tem como objetivo otimizar e organizar os dados e informações adicionais a respeito da saúde no Município, recebidas pelo Estado. Os dados são produzidos pelo Ministério da Saúde (MS) e divididos em diversos sistemas nacionais de informação, como o sistema de mortalidade infantil, imunização, nascidos vivos, entre outros. Dada a dificuldade para coletar as informações, a ideia passou a ser vista como cada vez mais útil.
 
 
A partir dessas referências, o serviço de análise e estatística de dados (SAED) dos sistemas de informação utilizados na Sesau atua realizando análises descritivas que possibilitam as leituras e contextualização das informações. Ou seja, é realizado o geoprocessamento (trabalho em torno de imagens de satélite e fotografias aéreas para a produção de mapas e representações cartográficas), que além de permitir a interpretação, tem como alcance o georreferenciamento, processando dados de todo Estado. “Meu objetivo é que futuramente eu consiga passar para secretária e trabalhadores os três tipos de análises, para que possamos selecionar qualquer local do mapa e conseguir localizar as áreas que estão sofrendo com algum agravo, ou não, capacitando um controle maior dos casos“ declara Fábio Lopes. 
 
 
Além disso, o projeto conquistou o 1º lugar na categoria Inovação em Processos Organizacionais, da 2º Edição do Prêmio Inova São Vicente e se concretizou mesmo estando em fase inicial, pois possui competência e base necessária para fazer a diferença e ser espelho não só na Cidade, mas, também, no Estado. “Eu agradeço imensamente à gestão por nos incentivar, à minha diretoria de planejamento e minhas companheiras de trabalho por me permitirem ter uma rotina tranquila, disponibilizando tudo que eu preciso para fazer isso acontecer. Eu direcionei a minha vida para esse projeto e em dez meses já ganhei um prêmio. Eu realmente não esperava, fiquei muito surpreso, mas é extremamente gratificante”, afirma Lopes. 
 
A segunda fase do projeto já está em andamento para produção e o objetivo será implantar mais três tipos de análise: a descritiva, onde será possível conferir o status que a Cidade se encontra; a preditiva, que vai prever o que pode acontecer durante os anos e a prescritiva, que dirá o que pode ser feito para melhorar a situação. Para a secretária da Saúde, Michelle Santos, incentivar os servidores a serem uma rede viva de criação de idéias e soluções é o que ajuda melhorar cada vez mais a secretaria e as atuações no Município. “Um trabalho com menos de um ano ser reconhecido desta forma e ainda por uma bancada tão renomada, é muito gratificante. Estou imensamente feliz com essa conquista. É uma vitória de todos nós.” 
 



Por Alanis Ribeiro


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite