Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 22 de fevereiro de 2024.
07/11/2023
NOTÍCIAS
Aluno de inclusão da AMEI Rei Pelé tem vida transformada pela música
Em um dia marcado por fortes emoções, alunos da escola  Municipal de Educação Integral (AMEI) Rei Pelé, a primeira do mundo em alusão ao maior jogador de todos os tempos, marcaram presença na inauguração do Píer, para homenagear o atleta do século.
 
A banda formada por 27 crianças, de idades entre 9 e 10 anos, com aulas  ministradas pelo professor Willian, entoaram o hino do Santos Futebol Clube e a clássica música tema da vitória de Ayrton Senna. A apresentação encheu os olhos dos ex-jogadores que atuaram ao lado de Pelé, como Pepe, Mengálvio, Clodoaldo, Manoel Maria e celebridades do esporte como Milton Neves e José Ferreira Neto.
 
Dentre quase 30 crianças, Miguel Januário dos Santos, de 9 anos, se destaca dos demais. O garoto, que possui má formação na face e nos membros superiores, é um dos mais dedicados na banda, tocando tambor. Em sala de aula é acompanhado por uma professora especialista e outros profissionais que auxiliam na higiene e alimentação. Mesmo com dificuldade na coordenação, a direção da escola relata que o aluno é muito querido pelos colegas e que tem muita autonomia nas atividades.
 
“O Miguel adora participar da banda. Desde o início do ano se desenvolveu bastante. Apesar das dificuldades, ele supera os limites, se doando em tudo que faz. E os amigos da sala o  ajudam muito.  É lindo ver como eles interagem, ajudam e protegem”, diz Regina Davino Rizzo, diretora da AMEI Rei Pelé.
 
Nascido em São Vicente, torcedor apaixonado pelo Santos e pelo esporte, o pequeno Miguel é um exemplo de superação também dentro de casa. A mãe Ana Claudia dos Santos conta que o interesse pela banda da escola partiu dele mesmo. “Miguel toca instrumento desde pequeno. Sempre gostou. Ele tem uma bateria em casa”. 
 
A mãe ainda afirma que as atividades desenvolvidas na escola têm agregado bastante na formação, não só acadêmica como também motora de Miguel.  “Desde então, ele tem sido muito empenhado em casa também, gosta de nos ajudar em tudo. Acredito que as atividades na escola auxiliam muito ele a ser mais independente.  Ele tenta fazer as coisas sozinho, mesmo com as limitações, tenta até conseguir”.
 
Pelé foi eternizado com o icônico ‘soco no ar’ retratado na Orla do Gonzaguinha. Inaugurado no sábado (21), o Píer Nino Matos, que homenageia o atleta do século, recebeu em seu primeiro final de semana a visita de mais de 10 mil pessoas.
 
Situada no bairro Samaritá, a unidade atende exatamente aos requisitos solicitados pelo Rei há mais de 50 anos. Uma escola na Área Continental, fazendo a educação chegar na porta das pessoas em situação de vulnerabilidade social.
 
"Pensem nas criancinhas. Volto à lembrança para as criancinhas pobres, necessitadas de uma roupa usada e de um prato de comida. Ajudem as crianças desafortunadas, que necessitam do pouco de quem tem muito". Esse foi o discurso de Pelé após ter atingido um dos maiores feitos de sua carreira: o milésimo gol, marcado em 19 de novembro de 1969, no Maracanã.  
 
Além dos componentes curriculares, os alunos têm no contraturno atividades de música, tecnologia, projetos eletivos, esporte e inglês, buscando a formação do estudante na sua integralidade.
 
Por Maurício Massaro

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite