Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de fevereiro de 2024.
12/12/2023
NOTÍCIAS
Prefeitura promove 1° Festival de Atividades Aquáticas em piscina para pessoas com deficiência
O ‘sextou’ da turma de natação PCD de São Vicente foi refrescante durante o 1° Festival de Atividades Aquáticas em Piscina para pessoas com deficiência, no Complexo Esportivo e Cultural Manoel Alves Barreto (Catiapoã). Nesta sexta-feira (8), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sespor), organizou a atividade para celebrar o fim de ano e os três meses de projeto, que visa trabalhar a inclusão e trabalhar mecanismos de auxílio à locomoção. 
 
De crianças a idosos, 30 alunos participaram do festival, levando para casa uma medalha pela participação. Nas apresentações, com auxílio das professoras, os alunos contaram seus hobbies e sonhos. O coordenador de Esportes e Lazer para pessoas com deficiência, Marco Antônio Fajardo, explica que a natação, além de possibilitar a melhor locomoção e um bom tratamento, também éfunciona como ferramenta de acolhimento. “Tudo o que fazemos aqui é com muito amor e carinho. Temos duas professoras que são capacitadas e qualificadas para fazer esse trabalho. Temos dois estagiários que também se qualificaram para atender esse público. A gente tTemos o suporte e o apoio de uma coordenação pedagógica, que ajuda no planejamento de todo esse trabalho”. 
 
“Tudo é tratado com máxima atenção para que eles se sintam inseridos e acolhidos. As pessoas PCDs possuem os mesmos direitos e deveres que qualquer outra pessoa, eles devem ser tratados com o máximo de respeito”.
 
Uma das participantes do Festival foi a Paola Pinheiro, de 15 anos. A jovem conta que aproveitou muito a experiência. “Eu gostei muito, foi divertido”. A mãe de Paola, Eva Pinheiro, conta que está maravilhada com a oportunidade e base oferecidas pela Prefeitura, já que, ela tentou inscrever a filha em academias particulares, mas Paola sofria muito preconceito. “A rejeição sempre foi muito grande por parte das outras crianças, e p. Por conta disso a Paola não podia nadar, coisa que ela sempre amou. É muito bom ver a Prefeitura investindo em nossas crianças”.
 
O secretário de Esportes e Lazer, Wagner Paraguay, celebrou o evento. “É muito bom ver essea eventconfraternização acontecer. Precisamos deixar claro que pessoas com deficiência têm seus lugares na sociedade. Espero que esse seja o primeiro de muitos festivais”.
 
Vale destacar que o apoio de Rogério Barreto, cuja esposa nutria o sonho desse projeto, desempenhou um papel fundamental. Sua esposa, em vida, compartilhou essa visão com a Primeira Dama, Thaynã Amado, e, assim, deu origem aà ideia, que se concretizou no Complexo Esportivo e Cultural Manoel Alves Barreto (Catiapoã).
 
Por Mariana Pinho

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite