Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 22 de fevereiro de 2024.
19/12/2023
NOTÍCIAS
Pela primeira vez, três mulheres serão as diretoras-gerais da Encenação de São Vicente
Em comemoração ao seu 492º aniversário, no dia 22 de janeiro, a Primeira Cidade do Brasil realizará, na praia do Gonzaguinha, a 41ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, um evento que destaca as raízes históricas e culturais da cidade, conhecido também como o maior espetáculo teatral em areia de praia do Mundo.
 
Nesta segunda (18), o prefeito Kayo Amado se reuniu com as diretoras-gerais Carol Pagano, Geyssa Alencar e Sabrina Olimpio, que irão comandar o espetáculo. A reunião ainda contou com a presença do secretário de Cultura, Alexandre Rodrigues; do chefe de gabinete do deputado estadual Caio França, Fábio Lopez; e do coordenador de Comunicação e Relações Institucionais do Instituto Adesaf, Bruno Nunes.
 
Em 2021, devido ao cenário da pandemia, a história da fundação da Vila de São Vicente foi contada por meio de um documentário, e em 2022, ficou marcada pela inovadora projeção mapeada no Paço Municipal.
 
O ano de 2023 ainda foi de muitos desafios, entretanto, de maneira positiva, devido ao cenário de reconstrução da Cidade, e principalmente a revitalização da orla, o que impossibilitou a realização de um evento dessa magnitude.
 
No entanto, para 2024, sem muitos spoilers, as diretoras prometem inovar ainda mais, com uma nova proposta de juntar várias áreas da arte numa só obra, com o objetivo de proporcionar aos vicentinos a experiência de vivenciar a história da Primeira Cidade do Brasil por meio da música e da dança durante os quatro dias de apresentação.
 
O Prefeito de São Vicente, Kayo Amado, ressalta a alegria com o retorno do espetáculo aos moldes originais:
 
“Para mim é emocionante viver esse momento na cidade e, saber que o espetáculo será comandado e dirigido por um trio de mulheres, lança um ânimo ainda maior, principalmente por terem uma visão ao mesmo tempo, sensível e corajosa, trabalhando a temática da reconstrução, da fé e da inclusão. Estou muito feliz com os caminhos que estamos seguindo e tenho certeza de que a população vai gostar muito do trabalho que será realizado.”
 
As três diretoras possuem uma longa experiência na bagagem, inclusive, com participações na produção da Encenação. O trio também coordena o Balé Jovem de São Vicente e contará com a integração dos alunos no elenco para o espetáculo.
 
“Eles gostam muito, estão sempre nos acompanhando, já entendem a nossa linguagem, muitos deles já participaram outras vezes e precisamos deles para serem nossos guias, passar segurança para o público que muitas vezes nunca teve contato com a dança”, afirma Sabrina Olimpio.
 
Entre os principais desafios, está a questão do prazo: “O tempo, sem sombra de dúvidas é um desafio.  No entanto, temos muitas pessoas envolvidas, cuidando do elenco e da  equipe. Juntar toda essa história, que é tão rica, no maior palco de areia do mundo, é maravilhoso!”, declarou Carol Pagano.
 
Até o momento, entre artistas da comunidade, o evento já conta com mais de 300 participantes, além dos coletivos culturais da cidade. O primeiro ensaio será realizado nesta terça (19), das 19h às 22h, no Complexo Esportivo JEPOM - Av. Martins Fontes, 735 - Catiapoã, São Vicente.
 
"Sempre é uma expectativa muito grande, porque as inscrições são abertas em vários pontos da Cidade, nós nunca sabemos quem são as pessoas que virão. A ansiedade maior é essa, em relação ao público que vamos encontrar, se é um público mais novo, ou um pouco mais velho e se já possuem alguma experiência com a dança, ou nunca dançaram na vida. Por conta do tempo que temos para reproduzir algo tão grande", comentou Sabrina Olimpio sobre as expectativas.
 
O evento, que começou a ser apresentado no início dos anos 1980,  busca recriar, de maneira  emocionante, os momentos cruciais da chegada de Martim Afonso de Sousa e sua expedição, que resultaram na fundação da Vila de São Vicente em 22 de janeiro de 1532. O cenário na Praia do Gonzaguinha é uma produção cênica apresentada em temporadas anuais. Ao longo dos anos, a Encenação passou por adaptações e inovações, buscando manter-se relevante para o público.
 
A 41ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente é incentivada via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. A realização é da Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), e do Instituto Adesaf. O evento conta com patrocínio da Brasil Terminal Portuário (BTP).

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite