Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 25 de fevereiro de 2024.
22/01/2024
NOTÍCIAS
Há mais de 40 anos, vicentina prestigia todas as edições da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente
Em seu terceiro dia de fortes emoções, a 41ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente contou com uma presença ilustre na plateia, uma vicentina de coração, que, até aqui, prestigiou todas as edições do maior espetáculo em areia de praia do Mundo.
 
Maria Luísa, de 80 anos, e natural de São Vicente, possui uma relação de longa data com a apresentação, mais precisamente desde a primeira, lá em 1982. Agora, em 2024, ela não deixou de marcar presença em mais uma edição, prestigiando o espetáculo. 
 
A vicentina raiz, que coleciona muitas memórias, se recorda com muito carinho e paixão das primeiras experiências como espectadora, presenciando vários outros artistas famosos que, ao longo do tempo, já protagonizaram a Encenação, como Luciano Szafir, Murilo Rosa, e, também, das “entradas de grandes caravelas portuguesas e o Caramuru”.
 
Maria descreve que a maestria da performance do espetáculo proporciona a ela a sensação de imersão na história, de pertencimento, diretamente das páginas dos livros. “É como se estivéssemos saindo de dentro do livro. É a nossa história. De todo o Brasil. O maior espetáculo a céu aberto pro Mundo é maravilhoso.”.
 
O retorno da Encenação da Vila de São Vicente em seu antigo formato (na Nova Orla do Gonzaguinha), trouxe de volta a ela, e, também para todo o público, a sensação de nostalgia, como se fosse a primeira vez. “Muito lindo, amei, amei. Tem que repetir muitas e muitas vezes. Passa um filme na cabeça”.
 
Protagonizada por grandes estrelas da dramaturgia (André Gonçalves, Júlia Yamaguchi, Christian Malheiros, Solange Couto, Júlio Oliveira, Marissol Dias, MC Nego Bala, Paolo Chaves e Flávio Falcone), a 41ª edição é estruturada em três eixos: 
 
1. Reconstrução: representando a valorização das belezas naturais da Primeira Cidade do Brasil, como a própria Orla do Gonzaguinha, um dos principais patrimônios turísticos do Município revitalizado, que recebeu de braços abertos os 4.500 espectadores na noite desta sexta-feira (19).
2. Fé: A peça deste ano enaltece a inclusão como pilar essencial, simbolizando a volta do maior patrimônio cultural vicentino à Orla do Gonzaguinha pós-pandemia, que marcou um momento delicado da humanidade.
3. Inclusão: Forte marca da 41ª edição, a inclusão se faz presente por meio da participação de pessoas com deficiência, arquibancada destinada a PCDs, além de intérprete de Libras, audiodescrição e monitores de acessibilidade. 
 
O espetáculo segue na areia da Praia do Gonzaguinha, até esta segunda-feira (22), data de comemoração do aniversário de 492 anos da Cidade. O evento é a partir das 20h.
 
A 41ª edição da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente é incentivada via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. A realização é da Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), e do Instituto Adesaf. O evento conta com patrocínio da Brasil Terminal Portuário (BTP), Sabesp e Ecovias.
 
Por Maurício Massaro

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite