Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de fevereiro de 2024.
23/01/2024
NOTÍCIAS
Encerramento da 41ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente é marcado por sorrisos e emoções
Martim Afonso decretou: a Vila de São Vicente está fundada. Após quatro marcantes dias nos quais mais de 16 mil pessoas puderam contemplar com os próprios olhos a história sendo escrita na Nova Orla do Gonzaguinha, a 41ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente foi concluída, fechando com chave de ouro o cronograma recheado de atividades alusivas ao aniversário de 492 da Primeira do Brasil nesta segunda-feira (22).
 
O último dia de espetáculo foi marcado por sorrisos e lágrimas. Uma das estrelas da peça teatral, o artista André Gonçalves, com longa trajetória no meio da dramaturgia, não conteve a emoção ao definir a oportunidade de participar da Encenação. "Foi mágico. Era um grande sonho. Presenciar essa arena lotada mesmo em dias de chuva será algo inesquecível. São Vicente já está no meu coração".
 
O prefeito Kayo Amado também não conseguiu esconder o sentimento de gratidão e dever cumprido. O chefe do Executivo vicentino ressaltou a importância do espetáculo não somente como maior patrimônio cultural da Cidade, mas, também para evidenciar o potencial de São Vicente ao Mundo. "O Brasil começa aqui. A Encenação é a oportunidade de mostrar o início de tudo em nosso país. O espetáculo voltou ao seu antigo palco e em uma nova orla. Um lugar mais atrativo, que valoriza as nossas belezas naturais. Fizemos história, recebendo inúmeros turistas. É São  Vicente expandindo sua marca".
 
Um dos protagonistas da peça, Leonardo Dantas possui transtorno do espectro autista (TEA) e fez parte da Encenação com maior aparato para pessoas com deficiência na história. "É muito importante esse legado que São Vicente está deixando. Estamos quebrando grandes tabus", comentou.
 
A inclusão foi um dos grandes elementos implementados na Encenação 2024. A 41ª edição contou com todo o suporte necessário para pessoas com deficiência (PCDs), com áreas reservadas de acessibilidade, intérprete de Libras e audiodescrição.
 
Somaram-se à inclusão os conceitos de reconstrução e fé, pilares que estruturam o espetáculo, trazendo à tona um movimento de renovação que acompanha a Cidade, com entregas em diversos setores. 
 
Em seus quatro dias, a Encenação deixou marcas e registros icônicos, desde pessoas que frequentaram todas as edições, como é o caso da dona Maria Luísa, de 80 anos, a pessoas que desceram a serra apenas para contemplar o espetáculo com os próprios olhos. A jovem Andressa Marques é um exemplo. "Eu não podia perder. Gosto muito de história. E São Vicente é parte da trajetória de construção do Brasil. Fiz de tudo para conseguir vir e, felizmente, consegui. Gratificante".
 
O maior espetáculo em areia de praia do Mundo foi viabilizado graças a uma verdadeira força-tarefa envolvendo Prefeitura, Adesaf e o deputado estadual Caio França. Sem custos para o Município, a Encenação foi viabilizada com aporte do Ministério da Cultura, via incentivo da Lei Rouanet, e contou com patrocínio da Brasil Terminal Portuário (BTP), Sabesp e Ecovias.

Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite