Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 24 de abril de 2024.
01/08/2018
NOTÍCIAS
São Vicente e Naha celebram 40 anos como cidades irmãs
Comitiva japonesa foi recebida com cerimônia na Prefeitura

O prefeito Pedro Gouvêa (MDB) recebeu, na manhã de quarta-feira (1º), a visita de uma comitiva japonesa. O grupo está no Município para a celebração dos 40 anos da assinatura, realizada em agosto de 1978, do convênio que tornou irmãs as cidades de São Vicente e Naha. Na cerimônia, realizada na Prefeitura, também foram lembrados os 110 anos do início da imigração japonesa para o Brasil, com a chegada do navio Kasato Maru ao Porto de Santos, em 18 de julho de 1908.

Ao lado da primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Gouvêa, e de outras autoridades vicentinas, o chefe do Executivo cumprimentou a prefeita de Naha, Mikiko Shiroma, e o presidente da Câmara Municipal da cidade japonesa, que é capital da Província de Okinawa, Shun-ei Onaga. Em seu discurso, Pedro destacou a importância do intercâmbio entre as duas cidades.

“A assinatura do convênio criou laços importantes entre as duas cidades, principalmente na área da Educação, que foi beneficiada com a criação de duas escolas em São Vicente”, disse o prefeito, ao se referir à Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Cidade de Naha, que atende a 230 crianças entre o maternal fases 1 e 2, e à Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Província de Okinawa, que atende a 380 alunos na unidade 1 e a 460 na unidade 2, do maternal 2 até o 1º ano do Ensino Fundamental.

“Essa é uma realização pessoal, pois sempre amei e respeitei a cultura japonesa. Estamos recebendo a visita de um povo que reconstruiu um país, tornando-o referência e potencial mundial. Isso nos inspira, pois São Vicente passou por momentos difíceis e hoje está passando e vencendo o processo de reconstrução, com o trabalho intenso da Prefeitura, da Câmara e de todos os que amam nossa Cidade”, completou Gouvêa.
 
Com apresentação da Banda de Música da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, sediada no 2º Batalhão de Infantaria Leve (2º Bil, de São Vicente), a cerimônia de boas vindas ganhou destaque especial quando 32 alunos da Emei Cidade de Naha, vestindo trajes típicos do Japão, cantaram o hino da cidade japonesa.

“Estou visitando São Vicente pela primeira vez, para marcar os 40 anos da assinatura do convênio que nos tornou cidades irmãs. Também destaco os 110 anos da chegada dos primeiros japoneses ao Brasil (781 pessoas, em uma viagem que durou 52 dias do Porto de Kobe ao Porto de Santos). Esse convênio é um ato político importante para as duas cidades”, destacou Mikiko.

O presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Wilson Cardoso, deu as boas vindas à comitiva japonesa falando sobre o engrandecimento da cidade com a imigração nipônica. “São Vicente é muito bela, mas as colônias japonesas vieram para cá para dar maior brilho à nossa Cidade”, comentou.

Homenageado por ter sido o responsável pela oficialização do convênio entre as cidades, o ex-prefeito Koyu Iha falou sobre o entrelaçamento de culturas. “O intercâmbio tem sido enriquecedor para as duas cidades. É um entrelaçamento de culturas. Além disso, hoje (ontem) estamos fortalecendo esse intercâmbio e homenageando as raízes japonesas no Brasil, incluindo meus antepassados”.

Após a cerimônia, todos os membros da comitiva japonesa receberam telas retratando belezas vicentinas e que foram pintadas pelos artistas plásticos Gil de Brito, Elisângela Camargo e Kleber Nunes. Também saborearam os sequilhos produzidos pelo Polo Regional da Padaria Artesanal do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente.

Título - Nesta quinta-feira (2), segundo dia de visita a São Vicente, às 9 horas, a comitiva japonesa conhecerá o Parque Ecológico do Voturuá (Rua Anita Costa, s/nº, na Vila Voturuá). Às 15 horas, a prefeita de Naha receberá o Título de Cidadã Vicentina, em sessão solene na Câmara Municipal (Rua Jacob Emmerich, 1195, no Parque Bitaru). A visita do grupo será encerrada no Festival de Naha, às 18 horas, na arena da Festa das Nações, na Praia do Itararé. O evento contará com apresentações culturais japonesas e brasileiras, além da venda de pratos típicos do Japão.
                                                                                                          


Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite