Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 18 de abril de 2024.
04/03/2021
NOTÍCIAS
Aulas híbridas retornam em abril
Elaborado de maneira conjunta, Plano Municipal de Retomada de São Vicente prevê cumprimento de protocolos sanitários e período reduzido na escola
 
Após um ano sem aulas presenciais devido à pandemia de Covid-19, o início das atividades de forma híbrida está agendado para o dia 5 de abril, nas escolas municipais de São Vicente.

As medidas constam no Plano Municipal de Retomada, documento elaborado pelo grupo de trabalho formado por representantes da Secretaria de Educação (Seduc), do professorado, gestores, funcionários, pais, secretarias de Saúde (Sesau) e de Assistência Social (Seas), Vigilância Sanitária, Conselho Municipal da Juventude, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

As propostas apresentadas no decorrer do mês de fevereiro foram criteriosamente avaliadas, com o consenso de que a volta aconteça de maneira segura para alunos, professores e funcionários, em conformidade às orientações do Plano Estadual e de acordo com a realidade local.

No quesito proteção, foram elencadas ações para o pré-retorno às atividades presenciais, envolvendo a organização do ambiente escolar, aquisição de equipamentos de proteção individual, condições de higiene, treinamento e capacitação, medidas sociais de saúde, entre outras.

Readequação – A proposta pedagógica do retorno gradativo se dará de forma distinta, de acordo com cada unidade e a etapa de ensino. Para isso, será necessária uma readequação da grade de aulas e adoção de horário reduzido.
- Creches – atenderão de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas. Cada turma, composta por 20% do total de crianças, frequentará a unidade uma vez por semana.
- Educação Infantil - as atividades presenciais serão de segunda a quinta-feira, com período reduzido a três horas diárias. Cada grupo, formado por 25% do total, frequentará a unidade uma vez por semana.
- Anos Iniciais (1º a 5º ano) - as atividades presenciais serão de segunda a quinta-feira, com período reduzido a três horas diárias. Cada grupo, formado por 25% do total, frequentará a unidade uma vez por semana.
- Anos Finais (6º a 9º ano) - turmas terão capacidade máxima de 30% e cada grupo frequentará a escola por cinco dias consecutivos, entre segunda a sexta-feira, com jornada de três horas diárias.

Durante o revezamento, os alunos que não estiverem na aula presencial continuarão tendo aulas remotas. Já os alunos que estiverem exclusivamente na modalidade remota, serão atendidos pelos professores integrantes do grupo de risco e deverão realizar as atividades propostas, para fins de frequência e avaliação, devendo o responsável comparecer à unidade escolar, sempre que solicitado, para devolutiva das atividades e demais orientações.

Histórico - No ano de 2020 a escola precisou lidar com uma nova realidade devido à Covid-19. Diante desse novo cenário, os tempos, espaços e relações tiveram de ser remodelados, passando do ensino presencial à educação remota. Segundo dados da UNESCO, em maio de 2020, no auge da pandemia, 191 países aderiram ao fechamento das escolas, impactando 1.575.270.054 alunos com aulas remotas. A retomada das aulas no mundo tem sido gradual e apresenta como medidas comuns a triagem, distanciamento, sanitização e rotinas de higiene.
 
Por: Renato Pirauá



Atalhos da página

Rede Corporativa e-Solution Backsite